Portal de Conferências da IMED, VII Semana Acadêmica de Odontologia

Tamanho da fonte: 
A ODONTOLOGIA NO CONTEXTO HOSPITALAR
Jaqueline Zamarchi, Michele De Conto Ferreira, Alessandra Rodrigues Moreira de Castro

Última alteração: 2017-11-07

Resumo


Introdução: A internação hospitalar é um evento que pode atingir qualquer indivíduo independente da raça, sexo, condição social e econômica. Pacientes hospitalizados, frequentemente, apresentam a saúde debilitada que demanda cuidados especiais. Sua recuperação está diretamente relacionada com a atuação de uma equipe multiprofissional capaz de atendê-lo de forma integral e oferecer uma assistência completa para que não ocorram agravos do seu quadro clínico. A Odontologia Hospitalar pode ser compreendida por cuidados das alterações bucais que exigem intervenções realizadas em âmbito hospitalar, onde estes procedimentos são compartilhados entre médicos, cirurgiões-dentistas e toda equipe assistente. Geralmente, os pacientes atendidos em hospitais são aqueles que possuem condições de saúde que contraindicam ou impedem a sua intervenção em consultórios odontológicos convencionais.

Objetivo: O objetivo deste trabalho foi apresentar, através de uma revisão de literatura, as contribuições da odontologia no contexto Hospitalar e verificar como se encontra a situação atual a respeito deste tema.

Materiais e Métodos: A coleta de dados foi realizada por meio de uma consulta de artigos científicos atuais publicados no anos de 2010 a 2017 nas bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde (Bireme) e Scientific Electronic Library Online (Scielo).

Resultados: No ambiente hospitalar, o paciente internado deve ser monitorado e os cirurgiões-dentistas têm papel fundamental na avaliação da saúde oral, reforçando a ideia de que estas avaliações são essenciais para os cuidados da saúde geral e no atendimento do paciente como um todo, pois diversas manifestações na cavidade oral podem surgir a partir das condições sistêmicas como doenças respiratórias, diabetes, uso de medicamentos. Por outro lado, as enfermidades sistêmicas também podem surgir a partir das condições orais, como, por exemplo, na doença periodontal devido à grande variedade de espécies bacterianas presentes no biofilme.

Conclusão: O cirurgião dentista tem um papel fundamental no cuidado à saúde do indivíduo hospitalizado. Sendo assim, necessita estar inserido em uma equipe no âmbito hospitalar, porém, o tema odontologia hospitalar atualmente ainda é pouco explorado.


Palavras-chave


Odontologia Hospitalar; Equipe Multiprofissional; Saúde Oral.