Portal de Conferências da IMED, VIII Semana Acadêmica de Odontologia

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DA ESTÉTICA VISÍVEL DE SISTEMAS CERÂMICOS LIVRES DE METAL SOBRE DIFERENTES SUBSTRATOS
Angélica Maroli, Leonardo Federizzi, Manuel Tomás Borges Radaelli, Rodrigo Alessandretti, Atais Bacchi, Aloísio Oro Spazzin

Última alteração: 2018-10-04

Resumo


Introdução: A necessidade de realizar restaurações com uma aparência natural é um dos aspectos mais desafiadores da odontologia e a reprodução da cor dos dentes naturais nas restaurações é uma tarefa difícil, devido às complexas características ópticas da dentição natural 1.

Objetivo: O objetivo deste trabalho foi avaliar visualmente a influência de um substrato escurecido no resultado estético final de coroas com infraestruturas de cerâmica reforçada por dissilicato de lítio ou de zircônia.


Material e Métodos: O delineamento foi observacional, transversal e descritivo. Num total, 20 cirurgiões-dentistas participaram como avaliadores. Para o caso clínico, foi selecionado um paciente com necessidade de coroas totais no 11 e no 21, onde um dos dois elementos apresentava-se escurecido. Uma coroa com infraestrutura de cerâmica reforçada por dissilicato de lítio (pastilha de baixa translucidez) e estratificada com cerâmica feldspática foi confeccionada para o elemento sem alteração de cor. Para o elemento escurecido foram confeccionadas uma coroa com infraestrutura com cerâmica reforçada por dissilicato de lítio (pastilha de alta opacidade) e outra infraestrutura de zircônia, ambas estratificas com cerâmica feldspática, criando-se duas situações clínicas. Sem conhecimento de qual material foi usado, os avaliadores responderam a um questionário que comparava o resultado estético das coroas sobre o substrato escurecido ao resultado estético da coroa sobre o substrato normal, assim como as duas situações clínicas entre si. Os avaliadores julgaram as restaurações como excelentes, aceitáveis ou inaceitáveis e, após, foi realizada uma análise descritiva das avaliações.

Resultados: Os resultados demonstraram que houve diferença estética entre as restaurações de dissilicato de lítio e de zircônia, sendo que o dissilicato de lítio não conseguiu bloquear visualmente a cor do substrato, mesmo sendo utilizada a pastilha mais opaca (HO).

Conclusões: Em casos de substrato escurecido, sugere-se utilizar uma infraestrutura com opacidade suficiente, como a zircônia, havendo diferenças visualmente perceptíveis utilizando um material translúcido como o dissilicato de lítio. Quando o substrato for normal, um material translúcido confere um resultado estético adequado.



Palavras-chave


Percepção de Cores. Estética dentária. Prótese dentária. Porcelana dentária.

Texto completo: PDF