Portal de Conferências da IMED, X Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e IX Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação da IMED 2016

Tamanho da fonte: 
AÇÕES AFIRMATIVAS: UMA ANÁLISE DE POLÍTICAS ÉTNICO RACIAIS NO BRASIL
Renan Godinho Bitencourt, Henrique Aniceto Kujawa

Última alteração: 2016-07-14

Resumo


O presente artigo visa compreender as relações étnico racial, buscando respostas em diversos contextos históricos que possam esclarecer as razões que transformam essas relações em constantes práticas de intolerância, violência e, principalmente, de desigualdade. O artigo resgata os estudos realizados por autores que abordam a temática, revistos dados históricos na formação do povo brasileiro que demonstram de que maneira foram construídos os diferentes valores para grupos sociais brasileiros, levando em consideração os impactos dessas ideologias no cotidiano das vítimas desses mecanismos de dominação. Além disso, será feita uma análise de duas ações afirmativas praticadas no Brasil, a Lei 11.645/08 sobre a cultura indígena e afro descendentes nas escolas e as reservas de vagas em instituições federais com base na Lei das cotas, onde através de dados preliminares consegue-se realizar um comparativo do que está sendo eficaz.

Palavras-chave


Discriminação racial; Leis de cotas; Ações afirmativas.

Referências


BRASIL.Lei11.645, de 10 de março de 2008. Disponível em: . Acesso em 18 de Abril de 2016 DUARTE, A. C. A Constitucionalidade das Políticas de Ações Afirmativas. Brasília: Núcleo de Estudos e Pesquisas/CONLEG/Senado, abril/2014 (Texto para Discussão nº 147). Disponível em: www.senado.leg.br/estudos. Acesso em 22 de abril de 2016. Acesso em 06 de Abril de 2016. Acesso em 28 de Março de 2016. Acesso em 28 de Março de 2016. Acesso em 31 de Março de 2016. AFROEDUCAÇÃO, Cotas raciais: preconceito racial ou medida de reparação?. Acesso em 28 de Março de 2016. PIOVESAN, Flavia. Ações afirmativas sob a perspectiva dos direitos humanos. In¬¬¬: SANTOS, Sales Augusto dos, Ações afirmativas e combate ao racismo nas Américas. Brasília; Ministério da Educação, Secretaria da Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005. p. 33-43. SASTRE, Edilberto. Panorama dos estudos sobre violência nas escolas no Brasil: 1980 – 2009. Disponível em: SELL, Sandro Cesar. Ação afirmativa e justiça. In_ Ação afirmativa e democracia racial: Uma introdução ao debate no Brasil. Florianópolis, Fundação Boiteux, 2002. p. 15-33.

Texto completo: PDF