Portal de Conferências da IMED, X Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e IX Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação da IMED 2016

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DA EXTRUSÃO APICAL DE DEBRIS EFETUADOS COM INSTRUMENTOS ROTATÓRIOS E RECIPROCANTES
Caroline Solda, José Roberto Vanni, Vomir João Fornari, Mateus Silveira Martins Hartmann

Última alteração: 2016-07-12

Resumo


O retratamento endodôntico tem como principal objetivo a remoção total do material obturador, para permitir a modelagem, sanificação e reobturação do canal radicular. Este estudo teve como objetivo avaliar a extrusão apical após a desobturação de canais radiculares efetuada com dois diferentes sistemas, rotatório e reciprocante. Foram selecionados 34 dentes pré-molares inferiores extraídos, unirradiculares, preparados e obturados, que após o envelhecimento do material obturador foram divididos em dois grupos conforme o método de desobturação: no Grupo 1, instrumentos ProTaper® Universal D® e refinamento com sequência Hero 642® (n. 14) e no Grupo 2, WaveOne® (n. 14). A coleta da extrusão apical foi por um novo sistema que foi testado em estudo piloto (n. 6), sendo assim validado esta metodologia. Os dados coletados da extrusão apical foram analisados estatisticamente pelo teste t de Student ao nível de 95% de confiança (p<0,05). Não houve diferença significativa entre os grupos no que diz respeito ao material extruído durante o retratamento endodôntico. Pode-se concluir que, ambos os sistemas promovem extrusão apical durante o retratamento endodôntico.


Palavras-chave


Desobturação dos canais radiculares; Reciprocantes; Rotatórios

Texto completo: PDF