Portal de Conferências da IMED, X Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e IX Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação da IMED 2016

Tamanho da fonte: 
A mobilidade nos passeios públicos na cidade de Passo Fundo/RS-Brasil de acordo com o método IAAPE
Tales Gonçalves Visentin, Felipe Bühler Bertuzzi, Alcindo Neckel

Última alteração: 2016-07-25

Resumo


O conceito de mobilidade corresponde ao simples ato de caminharde forma agradável pelos caminhos pedonais. Esta pesquisa objetiva avaliar as características físicas de acessibilidade e atratividade a partir das características físicas dos passeios públicos na cidade de Passo Fundo/RS-Brasil. O método IAAPE considera aspectos de Conectividade, Conforto, Convivialidade; Coexistência, Conveniência, Clareza e Compromisso nos pontos avaliados. Também entrevistam-se indivíduos adultos, idosos, gestantes e cadeirantes, a fim de que se distribuíssem critérios de importância sobre as vias públicas avaliadas. Conclui-se que são necessárias melhorias para evitar o estresse advindo da rotina diária, incentivar atividades físicas, acessibilidade e o surgimento de pontos de encontro e lazer.

 

 


Palavras-chave


mobilidade; passeios públicos; IAAPE; saúde na cidade.

Referências


ABNT. (2012). Projeto ABNT NBR 9050: Acessibilidade a Edificações, Mobiliário, Espaços e Equipamentos Urbanos. Disponível em: http://www.ostomizados.com/downloads/arquivos/ABNT_NBR_9050.pdf. Acesso em: 9 de jul de 2015.

DETRAN/RS. (2015). Frota em circulação no RS: por Município ao Ano. Passo Fundo, Departamento Estadual de Trânsito.

GRUB, J. e NECKEL, A. (2015). Arquitetura da hospitalidade: cidade New Babylon e os espaços infraestruturais urbanos: Espaço, Planejamento & Insurgência. In: XVI ENANPUR. Belo Horizonte. Anais. Belo Horizonte, ENANPUR, pp. 1-17.

IAAPE. (2015). Indicadores de Atratividade e Acessibilidade Pedonal. Disponível em:http://www.iaape.org. Acesso em: 8 de mai 2015.

IBGE. (2015). Senso 2010. Dados disponíveis em: www.ibge.gov.br/cidadesat. Acesso em: 29 de ago 2015.

KUNZ, M.; VISENTIN, T. G.; BERTOLDI, T. e NECKEL. A. (2015). Projeção e estratificação quantitativa de circulação de unidades veiculares na cidade de Passo Fundo/RS – Brasil: proporção e análise. In: MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E EXTENSÃO COMUNITÁRIA E VIII MOSTRA DE PESQUISA DE PÓS-GRADUAÇÃO. Anais. Passo Fundo, IMED, pp. 1-10.

MOURA, F.; GONÇALVES, A. e CAMBRA, P. (2015). Andabilidade Peões e SIG: A ferramenta IAAPE. Disponível em: http://www.iaape.org/CML_21_Set_2015.pdf. Acesso em: 21 set 2015.

 


Texto completo: PDF