Portal de Conferências da IMED, XIV Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2020

Tamanho da fonte: 
AGRICULTURA URBANA: CONTEXTO E DESAFIOS
Maria Lúcia Parodi Be, Ketlin Cieslak, Giana de Vargas Mores

Última alteração: 2020-10-27

Palavras-chave


fazenda urbana; sustentabilidade; segurança alimentar

Referências


Aquino, A. M. de, & Assis, R. L. de. (2007). Agricultura orgânica em áreas urbanas e periurbanas com base na agroecologia. Ambiente & Sociedade, 10(1), 137-150.

Batitucci, T. de O., Cortines, E., Almeida, F. S., & Almeida, Â. A. de. (2019). Agriculture in urban ecosystems: a step to cities sustainability. Ambiente & Sociedade, 22, 01-20.

Camarano, A. A., & Abramovay, R. (1999). Êxodo rural, envelhecimento e masculinização no Brasil: panorama dos últimos 50 anos. Rio de Janeiro: IPEA.

Castelo-Branco, M., Liz, R. S., Alcântara, F. A., Martins, H. A. G., & Hanson, J.C. (2011). Agricultura Apoiada pela Comunidade: poderia a experiência dos agricultores americanos ser útil para os agricultores urbanos brasileiros?. Horticultura Brasileira, 29(1), 43-49.

Chandra, A. J., & Diehl, J. A. (2019). Urban agriculture, food security, and development policies in Jakarta: a case study of farming communities at Kalideres – Cengkareng district, West Jakarta. Land Use Policy, 89, 02-12.

Ehrlich, P. R., Ehrlich, A. H., & Daily, G. C. (1993) Food security, population and environment. Population and Development Review, 19(1), 01-32.

Fuzinatto, N. M., & Santos Júnior, S. (2020). Agricultura urbana como recurso competitivo em serviços alimentares: uma avaliação por meio da teoria da visão baseada em recursos. Turismo: Visão e Ação, 22(1), 02-23.

Haysom, G., & Tawodzera, G. (2018). “Measurement drives diagnosis and response”: gaps in transferring food security assessment to the urban scale. Food Policy, 74, 117-125.

Lucena, L. P., Kliemann Neto, F. J., Massuia, F. M., & Fanti, L. D. (2014). Avaliação multicriterial das fazendas verticais canadenses como modelos sustentáveis de agricultura urbana. Innovation and Management Review, 11(1), 181-202.

Meneghetti, F. K. (2011). O que é um ensaio-teórico?. Revista de Administração Contemporânea, 15(2), 320-332.

Pölling B., Prados, M-J., Torquati, B. M., Giacche, G., Recasens, X., Paffarini, C. H., Alfranca, O., & Lorleberg, W. (2017). Business models in urban farming: a comparative analysis of case studies from Spain, Italy and Germany. Moravian Geographical Reports, 25(3), 166-180.

Smit, J., Nasr, J., & Ratta, A. (2001). Cities that feed themselves. In: Urban agriculture: food, jobs and sustainable cities. The Urban Agriculture Network.

Wiskerke, J. S .C. (2009). On places lost and places regained: reflections on the alternative food geography and sustainable regional development. International Planning Studies, 14(4), 369-387.


Texto completo: Sem título