Portal de Conferências da IMED, XIV Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2020

Tamanho da fonte: 
DESEMPENHO COGNITIVO DE IDOSOS QUE PARTICIPARAM DE OFICINAS DE INCLUSÃO DIGITAL
Carolina Kuhn Parizotto, Vitória Lemos, Vithória Lipp, Michele Marinho da Silveira

Última alteração: 2020-10-27

Palavras-chave


inclusão digital; tecnologia; cognição; envelhecimento; idoso

Referências


Antunes, M. C., Abreu, V. (2017). As novas tecnologias na promoção do envelhecimento bem-sucedido. Ensino e tecnologia em revista, 1(1). 3-15. doi: 10.3895/etr.v1n1.5885

Arantes, A. R., Ferreira, C. A., Rocha, C. T., Silva, F. B., Linhares, L. C., Ramos, P. N. A. M., Costa, Z. C. (2016). Inclusão digital para idosos e adultos: novas oportunidades. Revista interdisciplinar da PUC Minas no Barreiro, 6(11), 1-3.doi 10.5752/P.2236-0603.2016v6n11p305-307

Arigmon, I. I. de L., Stein, L. M. (2005). Habilidades cognitivas em indivíduos muito idosos: um estudo longitudinal. Cad. Saúde Pública, 21(1). 64-72. doi:10.1590/S0102-311X2005000100008

Barros, A. da S. X., Lima, A. R. da S., Sousa, M. A. P. da S., Barros, R. R. de., Almeida, F. J., Souza, L. da S., Dunda, F. A. da S.,  Silva, W. G. da., Sarmento, C. F., Costa, T. K. M. da. (2019). Oficinas de inclusão digital para idosos desenvolvidas no instituto federal da Paraíba (IFPB) – Campus Campina Grande.  Revista Práxis: saberes da extensão, 7(14). 74-83. doi: 10.18265/2318-23692019v7n14p74-83

Biasus, F. (2016). Reflexões sobre o envelhecimento humano: aspectos psicológicos e relacionamento familiar. Perspectiva, Erechim, 40(152), 55-63. Recuperado dia 28/06/2020 de: http://www.uricer.edu.br/site/pdfs/perspectiva/152_594.pdf

Bittencourt, A. M., Machado, L. F. de O., Almeida, M. B. de., Pires, D. R. (2017) Software: Recurso terapêutico ocupacional para estimulação cognitiva do idoso. Estudo interdisciplinar envelhecimento, 22(1) 31-49. Recuperado dia 28/06/2020 de: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-9122987

Bolzan, L. M., & Löbler, M. L. (2013). As meninas estão na rede: a inclusão digital na terceira idade. Revista Espaço Pedagógico, 20(2). 301-312. doi:10.5335/rep.2013.3557

Caixeta, G. C. dos S., Ferreira, A. (2019). Desempenho cognitivo e equilíbrio funcional em idosos. Revista Neurociências, 17(3). 202–208. doi: 10.34024/rnc.2009.v17.8542

Carvalho, V. A., Caramelli, P. (2007). Brazilian adaptation of the Addenbrooke's Cognitive Examination-Revised (ACE-R). Dementia & Neuropsychologia, 1(2). 212-216. doi: 10.1590/s1980-57642008dn10200015

Gonzalez, C. A. G. (2014). Envelhecimento demográfico e mudanças na transição à velhice entre brasileiros de distintas gerações. Tese de doutorado, Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. – Campinas, São Paulo. Recuperado dia 28/06/2020 de: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281285

Guimarães, C. H. S., Malena, L. M. A. de., Limborço-Filho, M., Marins, F. R. (2018). Demência e a Doença De Alzheimer no Processo de Envelhecimento: Fisiopatologia e Abordagem Terapêutica. Revista Saúde em Foco, ed. 10°, 942-955. Recuperado dia 28/06/2020 de: http://portal.unisepe.com.br/unifia/wpcontent/uploads/sites/10001/2018/12/108_DEM%C3%8ANCIA-E-A-DOEN%C3%87A-DE-ALZHEIMER.pdf

Gulartt, V. A., Chicon, P. M. M., Quaresma, C. R. T. (2017) Oficinas de inclusão digital na terceira idade: relato de experiência dos participantes. Revista Interdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão, 5(1). 610-618. Recuperado dia 28/06/2020 de: http://revistaeletronica.unicruz.edu.br/index.php/eletronica/article/view/600-608

Kieling, M. L., Pasqualotti, A., Gil, H. M. P. T. (2017). Interaction in cyberspace and cognitive training stimulate the areas of attention and memory in elderly people. 12th Iberian Conference on Information Systems and Technologies (CISTI), 1020- 1025. doi:10.23919/cisti.2017.7975871

Kravitz, E., Shemeidler, J., Beeri, M. (2012). Cognitive decline and dementia in the Oldest-Old. Rambam Maimoides Medical Journal, 3(4). 1-15. doi: 10.5041/RMMJ.10092

Lindôso, Z. C. L. et al. (2011). Percepção subjetiva de memória e habilidade manual em idosos de uma oficina de inclusão digital. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 14(2), 303-317. doi: 10.1590/S1809-98232011000200011

Loreto, E. S. G., Ferreira, G. M. S. (2014) Desafios e possibilidades para a inclusão digital da terceira idade. Reveduc: Revista Eletrônica de Educação, 8(2). 120-137. doi: 10.14244/19827199736

Marques, L. P., Schneider, I. J. C.,  d’Orsi, E. (2016). Quality of life and its association with work, the internet, participation in groups and physical activity among the elderly from the epifloripa survey. Cadernos de Saúde Pública, 32(12). 1-11. doi: 10.1590/0102-311x00143615

Moraes, E. (2008). Princípios básicos de Geriatria e Gerontologia. 1° edição (85-104). Belo Horizonte, MG : Editora Coopmed.

Moraes, E. N. de., & Moraes, F. L. de. (2016). Avaliação multidimensional do idoso (5a ed.). Belo Horizonte, MG: Folium.

Nobre, R. A. C. (2015) Efeito da participação de idosos em oficinas de inclusão digital no desempenho funcional e qualidade de vida. Tese de graduação, universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia – Distrito Federal, Brasília.  Recuperado dia 28/06/2020 de: https://bdm.unb.br/bitstream/10483/13866/6/2015_RenataAiresCostaNobre.pdf

Olímpio, B. B. (2014). Perfil dos participantes de oficinas de informática o projeto “to clicando”: dificuldades encontradas e estratégias para a inclusão digital, Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia - Brasília, Brasil. Recuperado dia 02/07/2020 de: https://bdm.unb.br/handle/10483/9631

Ordonez, T. N., Yassuda, M. S., & Cachioni, M. (2011). Elderly online: effects of a digital inclusion program in cognitive performance. Archives of Gerontology and Geriatrics, 53(2). 216–219. doi:10.1016/j.archger.2010.11.007

Paiva, D. dos S. (2013) Cognição e Envelhecimento: estudo de adaptação transcultural e validação do six item cognitive impairment test (6CIT). Dissertação de mestrado, Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Coimbra - Portugal. Recuperado dia 28/06/2020 de:  https://www.rcaap.pt/detail.jsp?id=oai:repositorio.esenfc.pt:4526

Pessanha, J. H. da S. (2014). Entre teclas e cliques: desafios para inclusão digital de adultos e idosos. Caminho Aberto: Revista de Extensão Do IFSC, 1(1). 23–32. doi:10.35700/ca.2014.ano1n1.p23-32.1598

Petersen, D. A. W., Kalempa, V. C., Pykosz, L. C. (2013) Envelhecimento e inclusão digital. Revista Eletrônica de Extensão, 10(15). 120-128. doi:  10.5007/1807-0221.2013v10n15p120

Santos, R. F. D.,  Almêda, K. A. (2017). O envelhecimento humano e a inclusão digital: análise do uso das ferramentas tecnológicas pelos idosos. Pesquisa Brasileira Em Ciência Da Informação e Biblioteconomia, 4(2). 59-68. doi:10.22478/ufpb.1981-0695.2018v13n1.39229

Scoralick-Lempke, N. N., Barbosa, A. J. G., Mota, M. M. P. E. da. (2012) Efeitos de um processo de alfabetização em informática na cognição de idosos. Psicologia: Reflexão e Crítica, 25(4). 774–782. doi:10.1590/s0102-79722012000400017

Silveira, M. M. da., Tavares, G. M. S., Zuppa, C., Portuguez, M. W., Filho, I. G. da S. Carli, G. A. de., Pasqualotti, A., Colussi, E. L., (2013) Análise da qualidade de vida de idosos frequentadores de oficinas de informática. ConScientiae Saúde, 12(4). 598-603. doi:10.5585/ConsSaude.v12n4.4327

Silveira, M. M. et al., (2011) Ambientes de aprendizagem: significado na vida de idosos frequentadores de oficinas de informática. Revista Novas Tecnologias na Educação, 9(1). 1-9. doi:  10.22456/1679-1916.21975

Silveira, P. L., Leon, M. E. dos S., Martins, E. X., Leal, D. M. (2018) Inclusão digital do Pampa – URCAMP e centro do idoso. Revista de projetos comunitários e extensão – CONGREGA, 13ª mostra de projetos comunitários e extensão, 180-187. Recuperado dia 28/06/2020 de: http://revista.urcamp.tche.br/index.php/rcmpce/article/view/2973

Soares, M. R. P., Manhães, F. C., Istoe, R. S. C. (2015) Inclusão e aprendizagens: Alfabetização de pessoas idosas mediada pela informática. Congresso internacional interdisciplinar em sociais e humanidade, 4. 371-385. Recuperado dia 28/06/2020 de: https://docplayer.com.br/77653547-Inclusao-e-aprendizagens-alfabetizacao-de-pessoas-idosas-mediada-pela-informatica.html

World Health Organization. (2012). Dementia: a public health priority. Geneva, CH: WHO Press.