Portal de Conferências da IMED, XIV Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2020

Tamanho da fonte: 
ASPECTOS CONTEMPORÂNEOS DA PRIVACIDADE: HÁ UM DIREITO À EXTIMIDADE?
Talita de Moura Faccin, Iuri Bolesina

Última alteração: 2020-10-27

Palavras-chave


Privacidade; Extimidade; Sociedade do controle; Transformação contemporânea.

Referências


BARRETO, Wanderlei de Paula. Os direitos da personalidade na jurisprudência alemã contemporânea. 2009. Disponível em: <www.advocaciabarreto.com.br>. Acesso em: 01 mai. 2015.

 

BARRICHELLO, E. M. M. D. R; MOREIRA, Elizabeth Huber. A análise da vigilância de Foucault e sua aplicação na sociedade contemporânea: estudo de aspectos da vigilância e sua relação com as novas tecnologias de comunicação. Intexto: Porto Alegre, n. 33, p. 64-75, mai./2015. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/intexto/article/viewFile/50075/34203. Acesso em: 17 out. 2019.

 

BENTHAM, Jeremy. The Panopticon Writings. London: Verson, 1995.

 

BRUNO, Fernanda. Máquinas de ver, modos de ser: vigilância, tecnologia e subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2013.

 

BOLESINA, Iuri. O direito à extimidade: As inter-relações entre identidade, ciberespaço e privacidade. 1. ed. Florianópolis [SC]: Empório do Direito, 2017. p. 9-283.

 

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: Feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015.

 

CALHEIROS, T. D. C; TAKADA, Thalles Alexandre. REFLEXÕES SOBRE A PRIVACIDADE NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO. Informação@Profissões, Londrina, v. 4, n. 1, p. 120-134, jan./2015. Disponível em: <http:www.uel.br/revistas/infoprof/ >. Acesso em: 15 out. 2019.

 

CARDON, Dominique. A democracia internet: promessas e limites. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012.

 

CEDH. Corte Europeia de Direitos Humanos. Case of Von Hannover vs. Germany (Application n. 59320/00). Judgment in 24/06/2004 by the Third Section. Diponível em: <http://www.echr.coe.int/>. Acesso em: 16/04/2014.

 

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo: comentários sobre a sociedade do espetáculo. 1. ed. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

 

DELLEUZE, Gilles. Conversações. Tradução de Peter Pál Perbart. Ed. 34. São Paulo: Ed. 34, 1992.

 

DONEDA, Danilo. Da privacidade à proteção de dados pessoais. 1. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2006.

 

ETZIONI, Amitai. Privacy in a cyber age: policy and practice. New York: Palgrave Macmillan, 2015.

 

FORTES, Vinícius Borges. Os direitos de privacidade e a proteção de dados pessoais na internet. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2016.

 

FOUCAULT, Michel. Michel Foucault, uma entrevista: sexo, poder e política da identidade. In: Verve, 5, pp. 260-277, 2004.

 

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Tradução de Raquel Ramalhete. Petrópolis: Vozes, 1999.

 

KEEN, Andrew. Vertigem digital: por que as redes sociais estão nos dividindo, diminuindo e desorientando. Trad. Alexandre Martins. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

 

LEVY, Pierre. Cibercultura. 3 ed. São Paulo: 34, 2010.

 

LOPES, Ana Isabel; SANTOS, Sónia; POMBO, Olga. Da Sociedade Disciplinar à Sociedade de Controle. Disponível em: http://www.educ.fc.ul.pt/docentes/opombo/hfe/momentos/socieda- de%20disciplinar. Acesso em: 13 out. 2019.

 

MATHIESEN, Thomas. The viewer society: Michel Foucault’s ‘panopticon’ revisited. In: Theoretical Criminology, May. 1997, vol. 1, n. 2, pp. 215-234.

 

MILLS, Jon L., Privacy: the lost right. New York: Oxford University Press, 2008.

 

RODOTÁ, Stefano. A vida na sociedade da vigilância: a privacidade hoje. Trad. Danilo Doneda e Luciana Cabral Doneda. Rio de Janeiro: Renovar, 2008.

 

SCHREIBER, Anderson. Direitos da personalidade. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

 

SIBILIA, Paula. La intimidad como espetáculo. Buenos Aires: Fondo  de Cultura Económica, 2013.

 

SENNETT, Richard. O declínio do homem público: as tiranias da intimidade. Rio de Janeiro: Record, 2014.

 

TISSERON, Serge. Intimté et extimité. In: Communications, 88 (Cultures du numeriqué [Numéro dirigé par Antonio A. Casilli]), 2011, pp. 83-91.

 

_______. L’intimité surexposée. Paris: Ramsay, 2001.

 

WARREN, Samuel D.; BRANDEIS, Louis D. The Right to Privacy. In: Harvard Law Review, Vol. 4, No. 5 (Dec. 15, 1980), pp. 193-220, 1890.