Portal de Conferências da IMED, XIV Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2020

Tamanho da fonte: 
Consequências da violência sexual contra crianças e adolescentes: uma revisão sistemática
Matheus Henrique Vivian, João Gabriel Salvadego, Linéia Polli, Jean Von Hohendorff

Última alteração: 2020-10-27

Palavras-chave


abuso sexual; crianças; consequências

Referências


Amazarray, M. R., &Koller, S. H. (1998). Alguns aspectos observados no desenvolvimento de crianças vítimas de abuso sexual. Psicologia: Reflexão e Crítica, 11(3), 559-578. doi:10.1590/S0102-79721998000300014

Borges, J. L., &Dell'Aglio, D. D. (2008). Relações entre abuso sexual na infância, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e prejuízos cognitivos. Psicologia em Estudo, 13(2), 371-379. doi:10.1590/S1413-73722008000200020

Brasil. (1990). Lei n.8.069, Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências.Retrieved fromhttp://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8069.htm

Chehab, M. A. D., Paiva, L. S., Figueiredo, F. W. S., Daboin, B. E. G., Reato, L. F. N., & Adami, F. (2017). Características do abuso sexual em Santo André, São Paulo, Brasil: das vítimas ao agressor, do diagnóstico ao tratamento. Journal of Human Growth and Development, 27(2), 228-234. doi:10.7322/jhgd.123611

Costa, A. B., Zoltowski, A. P. C., Koller, S. H., & Teixeira, M. A. P. (2015). Construção de uma escala para avaliar a qualidade metodológica de revisões sistemáticas. Ciência & Saúde Coletiva, 20(8), 2441-2452. doi:10.1590/1413-81232015208.10762014

Habigzang, L. F., Koller, S. H., Stroeher, F. H., Hatzenberger, R., Cunha, R.  C., & Ramos, M. S. (2008). Entrevista clínica com crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual. Estudos de Psicologia (Natal), 13(3), 285-292. doi:10.1590/S1413-294X2008000300011

Hohendorff, J.V., &Patias, N. D. (2017). Violência sexual contra crianças e adolescentes, identificação, consequência e indicações de manejo.Barbarói, 49(1), 239-257.

doi:10.17058/barbaroi.v0i49.9474

Justino, L. C. L., Nunes, C. B., Gerk, M. A. S., Fonseca, S. S. O., Ribeiro, A. A., & Paranhos Filho, A. C. (2015). Violência sexual contra adolescentes em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Revista Gaúcha de Enfermagem, 36(spe), 239-246. doi:10.1590/1983-1447.2015.esp.56820

Kehdi, R. G. P. (2012). Tentativa de Suicídio associada à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. (Monografia de Especialização, Pontífica Universidade Católica do Rio de Janeiro).  Retrievedfromhttps://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/20629/20629.PDF

Ministério da Saúde. (2018). Análise epidemiológica da violência sexual contra crianças e adolescentes no Brasil, 2011 a 2017. Brasil, BR: MS.

Nunes, M. C. A., Lima, R. F. F., & Morais, N. A. (2017). Violência Sexual contra Mulheres: um Estudo Comparativo entre Vítimas Adolescentes e Adultas. Psicologia: Ciência e Profissão, 37(4), 956-969.doi:10.1590/1982-3703003652016

Nunes, M. C. A., & Morais, N. A. (2017). Gravidez decorrente da violência sexual: revisão sistemática da literatura. Arquivos Brasileiros de Psicologia, 69(2), 88-103. Retrievedfromhttps://www.redalyc.org/pdf/2290/229053873007.pdf

Oliveira, L. H., & Santos, C. S. (2006). As diferentes manifestações do transtorno de estresse pós traumático (TEPT) em crianças vítimas de abuso sexual. Revista da SBPH, 9(1), 31-53. Retrieved fromhttp://pepsic.bvsalud.org/pdf/rsbph/v9n1/v9n1a04.pdf

Platt, V. B., Back, I. C., Hauschild, D. B., &Guedert, J. M. (2018). Violência sexual contra crianças: autores, vítimas e consequências. Ciência & Saúde Coletiva, 23(4), 1019-1031.doi:10.1590/1413-81232018234.11362016

Tardif, M., Pascuzzo, K., & Costa, M. C. O. (2015). Adolescentes autores de abuso sexual: atitudes e comportamentos face à sexualidade. Adolescência & Saúde, 12(3), 33-42. Retrievedfromhttp://www.adolescenciaesaude.com/detalhe_artigo.asp?id=521

Teixeira, S. A. M., &Taquette, S. R. (2010). Violência e atividade sexual desprotegida em adolescentes menores de 15 anos. Revista da Associação Médica Brasileira56(4), 440-446. doi:10.1590/S0104-42302010000400017

World Health Organization (WHO). (2006). Preventing Child Maltreatment: a guide to taking action and generating evidence. Geneva: WHO.


Texto completo: PDF