Portal de Conferências da IMED, XIV Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2020

Tamanho da fonte: 
PRÁTICAS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA DE EDFICAÇÕES NO CONTEXTO DA NBR15575
Fernanda Marquetti Wentz, Natalia Santos Roscoff, Alessandra Gobbi Oliveira, Jaqueline Barbara Lindeman, Marcelo Fabiano Costella, Elvira Lantelme

Última alteração: 2020-10-27

Referências


 

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15575-1: Edificações habitacionais - Desempenho - Parte 1. Rio de Janeiro, 2013.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5674: Manutenção de edificações - Procedimento. Rio de Janeiro, 2012.

GROSSI, M. V. F.. Consequências da ausência de manutenção em edificações. Revista Direcional Condomínios, São Paulo, jan. 2017.

KARDEC, A.; NASCIF, J.. Manutenção: função estratégica. 1, ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1998.

MESSEGUER, A. G. Controle e garantia da qualidade na construção. São Paulo: Sinduscon - SP, 1991.

PETTICREW, M. Systematic reviews from astronomy to zoology: myths and misconceptions. BMJ, v. 322, jan. 2001. Disponível em: https://www.bmj.com/content/322/7278/98.1, Acesso em: 24/03/2020.

PUJADAS, F. Z A.; KALILI, M. L.. Maioria de acidentes prediais é causada por falha de manutenção. Construção Mercado, São Paulo, ed. 96, jul. 2009.

SANCHES, I. D.; FABRICIO, M. M.. A importância do projeto na manutenção de his. In: VI SIBRAGEC, VI Simpósio Brasileiro de Gestão da Economia da Construção, Campinas. Anais eletrônicos… São Paulo: FEC e UNICAMP, 2009.

ZAVADSKAS, E.; BEJDER, E.; KAKLAUSKAS, A. Raising the efficiency of the building lifetime with special emphasis on maintenance. Facilities, v. 16, n. 11, p. 334–340, 1998.