Portal de Conferências da IMED, XI Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e X Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2017

Tamanho da fonte: 
RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO BÁSICO: ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EM UM HOSPITAL PSIQUIÁTRICO
Daniela dos Santos Nunes, Tainá Rossi, Camila Rosa de Oliveira, Luis Henrique Paloski

Última alteração: 2017-07-26

Resumo


Introdução: o presente relato tem como base a experiência de atividades desenvolvidas no Estágio Básico do curso de Psicologia no ano de 2016 realizado no Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes (HPBM) da cidade de Passo Fundo. Dentre as inúmeras atividades que podem ser praticadas pelo estagiário de psicologia no contexto psiquiátrico podem-se destacar a escuta terapêutica, apresentações de estudo de caso e grupos de apoio com os pacientes internados. Objetivo: relatar as atividades de Estágio Básico de psicologia desenvolvidas no HPBM. Método: As atividades realizadas nesse local foram: escuta terapêutica, apresentação de estudo de caso, grupo de apoio com pacientes da ala feminina SUS do hospital. Eram desenvolvidas às quartas-feiras no HPBM. Pela manhã era feita a apresentação do estudo de caso, em dupla para a equipe multidisciplinar. Pela tarde, realizada a escuta terapêutica em dupla, e o grupo de apoio também executado em dupla, no posto 1, com pacientes da ala feminina SUS onde eram utilizadas dinâmicas. Com duração de 45 a 60 minutos, a temática era escolhida pelas participantes do grupo e estava relacionada às suas ansiedades e medos, família, preconceito e expectativas pós alta. Considerações finais: as atividades desenvolvidas no HPBM possibilitaram relacionar e aprimorar os conhecimentos já adquiridos em sala de aula através da prática clínica, compreender a atuação do psicólogo no contexto hospitalar e proporcionar experiências com os pacientes do hospital para a compreensão das patologias, desenvolvendo habilidades básicas para diagnóstico e tratamento. A escuta terapêutica se faz importante, pois possibilita a produção dos sentidos, minimização das angustias através da escuta de si, que se dá pelo fato de ser escutado pelo outro. As apresentações de estudos de caso para a equipe multidisciplinar têm grande importância, visto que alguns profissionais percebem essa interdisciplinaridade como uma forma de ampliar horizontes, o que permite o fim da visão restrita. No que se refere à realização de grupos terapêuticos, esses proporcionam aos participantes uma gama de benefícios, como universalidade do problema, a catarse, altruísmo, oferecimento de informações e faz com que se desenvolvam técnicas de socialização entre outros. Com as atividades pôde-se perceber quão importante é o trabalho do psicólogo dentro de um hospital psiquiátrico.