Portal de Conferências da IMED, XI Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e X Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2017

Tamanho da fonte: 
Saúde Bucal em Escolares
Ana Laura de Souza Sebastiany, Bianca Lenita da Silva de Oliveira, Vanessa Sebben

Última alteração: 2017-07-26

Resumo


A escola é conhecida como local adequado para realização de atividades educativas sobre saúde bucal, pois as crianças têm idade favorável para aquisição e repasse de conhecimento. O professor torna-se um importante personagem, por estar desenvolvendo junto ao aluno um trabalho constante na infância, que é o período da vida em que a criança se encontra mais apta a adquirir conhecimentos, agindo, dessa forma, como construtor de comportamentos na saúde do indivíduo. Na educação em saúde bucal, a função do educador é ser elo entre o cirurgião-dentista e o aluno, devido a maior conexão que têm com os alunos. Por sua vez, o papel de instruir os professores é do cirurgião-dentista, que possui o conhecimento técnico e científico sobre o assunto. O presente trabalho trata-se de uma revisão de literatura com o objetivo de verificar o conhecimento de saúde bucal entre os estudantes. Os onze artigos foram encontrados através da base de dados Scielo e apresentam os seguintes resultados: os pais mostraram-se interessados em receber informações sobre saúde bucal infantil, a maioria deles possuía algum conhecimento sobre saúde bucal na primeira infância, sendo este oriundo da mídia; grande parte dos pais desconhecem a causa da cárie. Os educadores confirmaram a ausência de material de apoio como maior obstáculo para abordar os conteúdos. Quando questionados sobre a instrução do uso da pasta dental, a maioria dos escolares não obtinha nenhuma instrução relacionada ao uso.

Assim pode-se concluir que é necessária a reforma do Programa de Atenção a Saúde Bucal, para que sejam aumentados os conteúdos ensinados para além das técnicas de escovação levando mais informações para a conscientização e manutenção da saúde bucal das crianças. É fundamental a colocação de equipes de saúde bucal dentro das pré-escolas, fornecendo também aos pais e professores conhecimento higiene oral. O Cirurgião-Dentista deve exercer papel ativo de educador e conversar com a criança precocemente.