Portal de Conferências da IMED, XI Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e X Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2017

Tamanho da fonte: 
Associação entre a reserva cognitiva e uma tarefa ecológica de funções executivas e realidade virtual
Tainá Rossi, Camila Rosa de Oliveira

Última alteração: 2017-07-26

Resumo


A reserva cognitiva (RC) é a capacidade cerebral de reduzir o impacto de processos neurodegenerativos, podendo influenciar no desempenho de diferentes funções neuropsicológicas, principalmente na população idosa. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi verificar a associação entre componentes da RC e o desempenho de adultos idosos em uma tarefa ecológica em realidade virtual para avaliação das funções cognitivas (ECO-RV) em idosos. A amostra foi composta por 103 idosos da comunidade recrutados por conveniência. Os critérios de inclusão abarcaram ter mais de 60 anos e não ser institucionalizado, enquanto os de exclusão foram: presença de sintomas depressivos significativos e sugestão de declínio cognitivo. Os participantes responderam a uma ficha de dados sociodemográficos, ao Questionário de RC, ao Mini Exame do Estado Mental, à versão reduzida da Escala de Depressão Geriátrica e à tarefa ECO-RV. A ECO-RV é uma tarefa de realidade virtual do tipo não imersiva, em ambiente tridimensional, que simula uma casa. As instruções e regras para executar as atividades da ECO-RV foram entregues aos participantes por escrito e também lidas em voz alta. Os escores obtidos incluíram o total de atividades que foram realizadas corretamente, o número de regras que não foram cumpridas para realizar o que era solicitado, o número de estratégias utilizadas e o tempo total de execução. Para verificar a associação entre os escores da ECO-RV e da RC foi utilizada a análise de correlação de Pearson, sendo considerados resultados significativos p < 0,05. De acordo com os resultados, foram encontradas correlações positivas significativas entre o escore total da ECO-RV e com as atividades de leitura, escrita, cultura e lazer, atividade intelectual, computador, escolaridade do adulto idoso e escolaridade dos pais. Entre o escore da ECO-RV e quebra de regras obteve-se associação significativa positiva com a atividade intelectual. Já com o tempo de execução da ECO-RV foram encontradas associações negativas com o uso do computador e escolaridade dos pais. Não foram encontradas relações significativas entre o escore de estratégias da ECO-RV e componentes da RC. As atividades que incluem leitura e escrita, anos de estudo formal e realização de atividades de lazer/intelectuais parecem influenciar no desempenho cognitivo de adultos idosos, avaliado por meio de uma tarefa ecológica em ambiente virtual. Sugere-se como continuidade do estudo a inclusão de grupos clínicos para comparação.