Portal de Conferências da IMED, XI Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e X Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2017

Tamanho da fonte: 
Prevenção Primária da Violência Sexual Infantil no Brasil: Uma revisão Sistemática Breve.
Jussara Besutti, Jean Von Hohendorff

Última alteração: 2017-07-26

Resumo


A violência sexual contra crianças e adolescentes é considerada uma das formas mais graves de violência. A atenção de pesquisas e publicações sobre temática no Brasil datam da década de 90, principalmente com o advento do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente. O objetivo é apresentar uma revisão sistemática breve de publicações científicas sobre dispositivos (e.g., livros, jogos, vídeos) de prevenção primária da violência sexual infantil no Brasil. A base de dados utilizada foi a BVS – Biblioteca Virtual em Saúde. Foram consultados, de forma retrospectiva, estudos realizados entre os anos de 1990 e abril de 2017, utilizando os descritores em português: violência sexual infantil; abuso sexual infantil, prevenção primária, instrumentos de prevenção. Os artigos foram identificados pelos títulos, palavras chave e leitura dos resumos. Nessa busca inicial, foram encontrados 101 publicações (artigos e teses), relacionados aos descritores. Em seguida serão selecionadas as publicações referentes a dispositivos de prevenção para leitura na íntegra.  Os resultados preliminares indicam a carência de publicações científicas sobre dispositivos (e.g., livros, jogos, vídeos) de prevenção primária da violência sexual infantil. As publicações científicas em geral abordam questões relacionadas à etiologia, ao diagnóstico, às intervenções e à atuação dos profissionais de saúde frente a temática, no âmbito da prevenção secundária e terciária. Constatou-se a necessidade de construção, adaptação e validação de instrumentos de prevenção primária para o contexto brasileiro. A violência sexual infantil é um fenômeno universal que atinge todas as idades, níveis sociais, etnias, gêneros, culturas e religiões e suas consequências acarretam muitos efeitos negativos ao desenvolvimento das crianças e adolescentes vitimizados, necessitando de medidas de enfrentamento (prevenção e intervenções) em todos os níveis: Familiar, Social, Saúde, Educação, Político e Judicial.


Palavras-chave


Violência sexual infantil; prevenção primária,; dispositivos; jogo.