Portal de Conferências da IMED, XI Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e X Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2017

Tamanho da fonte: 
Benefícios da Posição Canguru nas respostas fisiológicas e psicológicas mãe- bebê
Carine Tabaczinski, Kélin Aparecida Da Silva, Denice Bortolin

Última alteração: 2017-06-28

Resumo


O Método Canguru é um programa de assistência perinatal, criado pelo Ministério da Saúde (2011), voltado para a atenção humanizada dos cuidados ao recém- nascido prematuro e/ou de baixo peso, desenvolvido em três etapas. O objetivo desse trabalho é apresentar uma reflexão acerca dos benefícios adquiridos através da Posição Canguru tanto para a mãe, quanto para o recém- nascido, construídas especialmente durante a segunda etapa do método onde o bebê permanece mais tempo na Posição Canguru. O estudo é uma revisão bibliográfica sobre os benefícios da Posição Canguru. Foram pesquisados artigos nas bases de dados Scielo e Capes, presentes nos últimos sete anos, com os descritores posição canguru; benefícios; psicologia. Os achados evidenciam que o contato pele a pele entre mãe- bebê estimula a produção de leite; está relacionado ao ganho de peso e crescimento do recém- nascido prematuro; ao aumento da percepção materna de autoeficácia em relação aos cuidados do neonato durante a internação na UTINeo, e ao fortalecimento de vínculo e apego. (SOUTO et al., 2014; COSTA et al., 2014; HECK et al., 2016). Entende-se que, dentre todos os benefícios desse método, destacam-se os trazidos no momento em que o bebê é colocado em contato com a pele da mãe no intuito de fortalecer o vínculo mãe- bebê, promover o incensitivo ao aleitamento materno e estimular a participação da mãe nos cuidados para com o seu filho.

Referências
COSTA, R., et al. Da incubadora para o colinho: o discurso materno sobre a vivência no método canguru. Revista de Enfermagem e Atenção à Saúde, Uberlândia, v. 3, n.2, p. 41-53, 2014.
HECK, G. M. M., et al. Compreensão do sentimento materno na vivência no método canguru. Revista de Enfermagem da UFSM, v. 6, n. 1, p.71-83, Jan/Mar. 2016.
MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Atenção a Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso: Método Canguru/ Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção a Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. (Manual Técnico). Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2011.
SOUTO, D. DA S., et al. Método canguru e aleitamento materno: uma revisão integrativa da literatura nacional. Revista Ciência e Saúde, Porto Alegre, v. 7, n.1, p. 35-46, Jan/Abril. 2014.

Palavras-chave


Posição canguru; Benefícios; Psicologia

Texto completo: PDF