Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
EFE - Entrevista Familiar Estruturada – Um método clínico de avaliação das relações familiares
Luzia Catarina Adamczyk Leão, Vinícius Renato Thomé Ferreira

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


Introdução/Objetivos

A avaliação psicológica é uma ferramenta importante para a psicoterapia, possibilita entender situações clínicas. A psicologia deve contar com métodos confiáveis de avaliação das relações conjugais e familiares. Contudo, são escassos os instrumentos padronizados para avaliação da relação conjugal e familiar. Este trabalho apresenta a Entrevista Familiar Estruturada (EFE) como recurso de avaliação clínica de casais e famílias.

Metodologia

Estudo teórico.

Hipótese

A EFE pode se constituir como uma ferramenta de avaliação para casais e famílias.

Resultados

A partir do trabalho clínico de atendimento familiar, foi elaborado um novo método de avaliação das relações familiares no Brasil por Féres-Carneiro (1981), considerando características da maior parte da população e dos serviços de atendimento psicológico. Em uma linguagem simples com respostas faladas e/ou não verbais necessitando, além do entrevistador, apenas um observador e um gravador de áudio, e com isso, a EFE mostrou-se um método adequado para a realização de diagnóstico familiar. Ele traz a tona o dinamismo do funcionamento da família facilitando a realização em tempo menor, de uma avaliação dessas relações. É composta de seis tarefas, cinco verbais e uma não verbal, das quais duas são propostas à família como grupo e as outras a cada membro individualmente (Féres-Carneiro, 2005). Todas elas tem a intenção de avaliar os padrões básicos de funcionamento da família nas dimensões de: comunicação, papéis, liderança, manifestação da agressividade, afeição física, interação conjugal, individuação, integração, autoestima e promoção da saúde emocional.

Conclusões

A EFE constituída como instrumento padronizado auxiliando uma anamnese mais completa é capaz de contribuir para o entendimento de elementos da dinâmica familiar e na clareza do diagnóstico.  


Palavras-chave


avaliação;EFE;psicoterapia

Referências


Féres-Carneiro, T. (1981). Entrevista familiar estruturada: sua Consistência, Validade e Aplicabilidade em Psicologia Clínica. Tese de Doutorado, PUC-SP.

Féres-Carneiro, T. (2005). Entrevista familiar estruturada: um método clínico de avaliação das relações familiares. São Paulo: Casa do Psicólogo.

Leão, L. C. A., Ferreira, V. R. T., & Cenci, C. M. B. (2014). Avaliação clínica de relações familiares com a utilização da entrevista familiar estruturada (EFE): estudo de caso. Mudanças-Psicologia da Saúde, 22(1), 1-7.