Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
Formação de Etringita Tardia: Uma Breve Revisão Sistemática de Literatura
Dioice Schovanz, Francieli Tiecher Bonsembiante

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


Chama-se Etringita o mineral formado por sulfoaluminato de cálcio (C3A), encontrado no concreto, após as reações de hidratação do clínquer. Quando, durante a cura do concreto, no início da hidratação do clínquer, as temperaturas são superiores a 65o C, em ambientes úmidos, a etringita se cristaliza tardiamente (Delayed Etringite Formation – DEF). A ocorrência de DEF implica em danos aos elementos estruturais, tais como perda de resistência e fissuração generalizada (MYURAN et al., 2015). Perante Guanilo et  al. (2010) para esse estudo enquadrou-se uma revisão sistemática de âmbito qualitativo com síntese descritiva. Com a realização desta revisão sistemática foi possível verificar, mediante os estudos de Myuran et al. (2015), que para prevenção da DEF envolve o controle da temperatura de cura. Amine et al. (2016) salienta outra forma de prevenção, através da substituição em uma porcentagem de 15% de cimento por cinzas volantes. Godard (2018) apresenta dois casos de DEF na França, o autor destaca fissuras na base de uma ponte com espessura maior que 0,3 mm, outro caso ocorreu em uma viga pré-moldada, onde a DEF também se manifestou através de fissuração generalizada. Rashidi et al. (2017) publicaram um estudo a respeito da previsibilidade dos danos causados pela DEF, onde destacaram análises através de microscopia eletrônica de varredura para identificar a presença de etringita no concreto. A partir da revisão sistemática de literatura, foi possível perceber que os danos causados as estruturas de concreto sujeitas a DEF podem ser prevenidos, entretanto, ainda não se tem o entendimento completo sobre o tema, justificando a realização de estudos a respeito da mitigação desse problema, conforme o que está sendo proposto para a sequência desta pesquisa de mestrado.

 


Palavras-chave


Concreto, Formação de Etringita Tardia (DEF), Manifestação Patológica.

Referências


AMINE, Y. et al. Effect of supplementary cementitious materials (scm) on delayed ettringite formation in heat-cured concretesEnergy Procedia, v. 139, p. 565–570, 2017.

GODART, B. Pathology, Assessment and Treatment of Structures Affected by Delayed Ettringite Formation. Structural Engineering International, v. 27, p. 362-369, 2017.

GUANILO, M. C. et al. Revisão sistemática: noções gerais. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 45, p. 1260-1266, 2011.

MYURAN, K. et al. Strategies for Prevention of Delayed Ettringite Formation in large Concrete Sections. Journal of the Institution of Engineers, v. 48, p. 1-13, 2015.

RASHIDI, M. et al. Insights into delayed ettringite formation damage through acoustic nonlinearity. Cement and Concrete Research, v. 95, p. 1-8, 2017.

 


Texto completo: PDF