Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
Entendimento da Anorexia Nervosa pela Análise do Comportamento
Aline Ortiz Rauber, Vinícius Terra Mendes, Vinícius Renato Thomé Ferreira

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


Introdução: A anorexia nervosa é um transtorno alimentar que tem como característica a restrição na ingestão calórica que faz o indivíduo chegar a um peso corporal abaixo do esperado e considerado saudável para sua idade, sexo, desenvolvimento e condição física (Critério A). Inclui também, o medo intenso de ganhar peso ou comportamento persistente que não permite ganho de peso (Critério B) e perturbação com seu próprio peso e sua forma corporal (Critério C) (Association American Psychiatric, 2014). A Análise do Comportamento (AC) é uma ciência que estuda o comportamento a partir da interação organismo e ambiente através de métodos científicos (Moreira & Medeiros, 2007). Objetivo: O estudo bibliográfico buscou oferecer uma explicação funcional de acordo com os princípios da AC para os sintomas da Anorexia Nervosa. Método: Foram levantados sintomas da anorexia pelo DSM – 5 (A, B e C) e na sequência foi pesquisado na literatura de AC a explicação funcional dos sintomas. Hipótese: Os sintomas da anorexia podem ser explicados pela AC. Resultados: O critério A da anorexia nervosa consiste em restrição da ingesta calórica, levando a um peso corporal significativamente baixo no contexto de idade, gênero, trajetória do desenvolvimento e saúde física. Foi identificado para ocorrência dos sintomas da anorexia nervosa o reforço negativo na restrição da ingesta calórica, pois o ganho de peso é aversivo; desta forma, o comportamento de não comer para não engordar (esquiva) é negativamente reforçado. No critério B, o intenso medo de ganhar peso ou engordar, mesmo estando com peso significativamente baixo, é também reforçado negativamente, visando reduzir o medo condicionado de forma respondente, possivelmente associando a críticas do ambiente para ganho de peso. Para o critério C, o peso possui importância em relação à auto avaliação que a pessoa faz do seu corpo. Este critério está alinhado com os anteriores, visto que as preocupações com ganho de peso e da avaliação de outras pessoas sobre o corpo está associada a punições e críticas. Assim, as preocupações são explicadas por reforçamento negativo e comportamentos de fuga e esquiva, e eventuais ganhos de peso são avaliados como perda de controle e fracasso (Moreira & Medeiros, 2007). Conclusões: A partir deste estudo, foi possível explicar os sintomas presentes nos critérios diagnósticos da anorexia nervosa pelos conceitos da AC.

 


Referências


Association American Psychiatric. (2014). Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais: DSM-5. (M. I. N. Nascimento, Ed.) (5a). Porto Alegre, RS: Artmed.

Moreira, M. B., & Medeiros, C. A. De. (2007). Princípios Básicos de Análise do Comportamento. Porto Alegre: Artmed.