Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
Turnover na Construção Civil no Município de Passo Fundo
Renan Godinho Bitencourt, Camila Sehn, Alessandra Costenaro Maciel

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


Turnover é um termo que se origina da língua inglesa e se caracteriza pelo ato de substituir um funcionário por outro. Sendo que o índice elevado de Turnover causa impacto financeiro e psicológico nas organizações. Considerando tal importância do tema abordado, essa pesquisa tem por objetivo identificar o índice de turnover, principais causas, consequências e custos envolvidos no setor de construção civil no munícipio de Passo Fundo. A pesquisa classifica-se como exploratória, qualitativa e estudo de caso, onde os dados foram coletados através de entrevistas com seis colaboradores de empresas distintas do ramo da construção civil, análise documental e observação. Os resultados obtidos revelaram que a maioria das empresas entrevistadas não incentivam os estudos para o ensino superior, não possuem plano de carreira, os desligamentos acontecem tanto por parte da empresa quanto por parte dos colaboradores, tendo como uns dos motivos a mudança de cidade, remuneração, término de obra, entre outras. As empresas afirmaram também que devido um turnover elevado, sofrem com gastos com treinamento, perda de produção e custos, porém as mesmas não calculam o índice mensalmente.

Palavras-chave


turnover; construção civil; causas

Referências


Bardin, Laurence. Analise de Conteúdo. (Edição revista e actualizada), França: Edições 70 LDA (2009).

Bastos, P, M, C. (2008). A importância do planejamento, recrutamento, e seleção na redução de Turnover (Monografia). Universidade Candido Mendes. Rio de Janeiro.

Boldrin, F. C. M.; Heinzmann, L. M.; Uecker, G. L. (2012). Avaliação do processo de recrutamento e seleção de uma empresa de grande porte da região oeste do estado do Paraná. Rev. Ciênc. Empres. UNIPAR. Umuarama - PR.

Borges, M. S.; Ramos, N. M. Turnover: uma consequência de estratégia ineficiente de gestão empresarial? In: CONVIBRA ADMINISTRAÇÃO, 8., 2011. Anais eletrônicos, 2011. Disponível em: <http://www.convibra.com.br/upload/paper/adm/adm_2784.pdf>. Acesso em 20 de julho de 2017.

CBIC – Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Sondagem Especial novembro 2013 - Falta de trabalhador qualificado na indústria da construção. Disponível em: http://www.cbic.org.br/informativos/cbic-hoje/cbic-hoje-907. Acesso em 12 de julho de 2017.

CBIC (2014) - O potencial e a força da construção civil brasileira. Disponível em: <http://www.cbic.org.br/sala-de-imprensa/noticia/o-potencial-e-a-forca-da-construcao-civil-brasileira>. Acesso em 07 de julho de 2017.

Chen, M. F.; Lin, C. P.; Lien, G. Y. (2011, p. 1327). Modelling job stress as a mediating role in predicting turnover intention. China.

ClicRBS (2011) – Sinduscon comemora 25 anos. Disponível em: <http://wp.clicrbs.com.br/passofundo/2011/03/22/sinduscon-comemora-25-anos/>. Acesso em 20 de julho de 2017.

CSB - Central dos Sindicatos Brasileiros. Disponível em: http://csbbrasil.org.br/blog/2012/11/26/rotatividade-cai-na-construcao-mas-ainda-supera-6-ao-mes/ Acesso em 07 de julho de 2017.

Diário da Manhã. (2015). Construção civil: um pilar de Passo Fundo. Disponível em: <http://www.diariodamanha.com/cadernos/ver/1007/Constru%C3%A7%C3%A3o+civil%3A+um+pilar+de+Passo+Fundo>. Acesso em 20 de julho de 2017.

DIEESE. (2014). Rotatividade setorial: dados e diretrizes para ação sindical. São Paulo. Disponível em: http://www.dieese.org.br/livro/2014/rotatividadeSetorial.pdf>. Acesso em 24 de julho de 2017.

Eckert, A.; Mecca, M. S.; Denicol, M. S. G. M.; Giacomet, M. O. (2011). As motivações e os reflexos do Turnover em termos contábeis e econômicos numa entidade sem fins lucrativos do município gaúcho de Caxias do Sul. Caxias do Sul – RS.

Exame.com (2011) - Falta de mão de obra é problema para setor de construção. Disponível em: < http://exame.abril.com.br/brasil/falta-de-mao-de-obra-e-problema-para-setor-de-construcao/>. Acesso em 07 de julho de 2017.

Exame.com (2016) - Quanto dinheiro recebo ao ser demitido? Disponível em: <http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/quanto-dinheiro-recebo-ao-ser-demitido> Acesso em 24 de julho de 2017.

Ferreira, R. C. (2014). Empresas familiares: Estudo de caso sobre as razões do Turnover elevado na empresa X (trabalho de conclusão de graduação). Universidade de Passo Fundo. Passo Fundo – RS.

Granja, A. L. (2013). Gestão de pessoas na redução do índice de rotatividade de pessoal nas empresas: estudo de caso em uma distribuidora de alimentos (Monografia). Centro do Ensino Superior do Ceará.

Godoy, A. S. (1995, p. 21). Pesquisa Qualitativa – tipos fundamentais. Revista de Administração de Empresas. São Paulo, v. 35. n.3, p. 20-29.

Gonçalves, E. T. (2012). Identificação dos pontos positivos e negativos com base na rotatividade de pessoal: Um estudo de caso em uma empresa do segmento de alimentos (trabalho de conclusão de graduação). Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. Criciúma – SC.

IBGE – Agencia de Passo Fundo – RS (2013).

IBGE – População de Passo Fundo. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rs/passo-fundo/panorama>. Acesso em 02 de junho de 2018.

Junior, V. U. F.; Pereira, S. B.; Alcantara, T. R. D. R. Rotatividade de Pessoal (Turnover): Um estudo de caso em um posto de combustíveis. Publicado em outubro de 2016 em: <http://www.webartigos.com/artigos/rotatividade-de-pessoal-turnover-um-estudo-de-caso-em-um/146219>. Acesso em 07 de julho de 2017.

Louzada, A. A.; Nascimento, T. B. (2015). Estudo sobre as possíveis causas da rotatividade nos centros de serviços compartilhados brasileiros (Projeto de graduação). Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro.

Malhotra, N. (2010, p. 34). Pesquisa de Marketing. 3ª Edição. São Paulo.

Marconi, M. A., Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos de Metodologia Cientifica. 5º Edição. Editora Atlas. São Paulo.

Mateus, J. B. (2010). Rotatividade de pessoal em uma empresa comercial do município de Criciúma-Santa Catarina uma abordagem geral (trabalho de conclusão de graduação). Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. Criciúma – SC.

Medeiros, R. K. R.; Alves, R. C.; Ribeiro, S. R. S. (2012). Turnover: Uma análise dos fatores que contribuem para a decisão de sair da empresa dos colaboradores da Alfa Comércio Ltda. Universidade Poliguar. Connexio – Revista Científica da Escola de Gestão e Negócios.

Meirel, K.; Standnick, K. T.; Stolfi, A. M. (2013). Rotatividade de pessoal nas empresas do ramo frigorífico. Centro Universitário Leonardo Da Vinci – UNIASSELVI.

Minayo, M. C. S. (2009).  Pesquisa social - Teoria, método e criatividade. Editora Vozes. Petrópolis – RJ.

Ministério do Trabalho e Emprego – CAGED. Disponível em:<http://bi.mte.gov.br/eec/pages/consultas/evolucaoEmprego/consultaEvolucaoEmprego.xhtml#relatorioSetor>. Acesso em 24 de julho de 2017.

Oliveira, F. F. (2011). O Turnover prejudicial às organizações (Monografia). Universidade Candido Mendes. Rio de Janeiro.

PBQPH - Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat. Disponível em: < http://pbqp-h.cidades.gov.br/pbqp_apresentacao.php>. Acesso em 18 de julho de 2017.

Saeed, I.; Waseem, M.; Sikander, S. (2014, p. 142-243).  The relationship of Turnover intention with job satisfaction, job performance, Leader member exchange, Emotional intelligence and organizational commitment. International Journal of Learning & Development. Vol. 4.

SEBRAE – Serviço Brasileiro de apoio às micro e pequenas empresas. Entenda as diferenças entre microempresa, pequena empresa e MEI. Disponível em: <http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/entenda-as-diferencas-entre-microempresa-pequena-empresa-e-mei,03f5438af1c92410VgnVCM100000b272010aRCRD>. Acesso em 18 de julho de 2017.

Silva, P. B. (2012). Turnover: Um estudo de caso sobre as principais causas em uma empresa do ramo metal-mecânico. Criciúma – SC.

Silveira, C, C. (2011). Analise de Turnover na Química Brasil Ltda. (trabalho de conclusão de graduação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre – RS.

Varshney, D. (2014, p. 87).  Impact of Self -Concept on Turnover Intention: An Empirical Study. American International Journal of Contemporary Research. Vol. 4. Arábia Saudita.

Texto completo: PDF