Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
DEGENERAÇÃO MIXOMATOSA DA VALVA MITRAL EM CÃES - RELATO DE CASO
Bruna Mounzer Gobbato, Thais Dall Bello, Lygia Maria Mouri Malvestio, Giovani Jacob Kolling

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


RESUMO

A degeneração mixomatosa, trata-se de uma patologia na qual há aumento da espessura dos folhetos da valva mitral (DMVM), levando a consequente regurgitação da mesma, remodelamento cardíaco progressivo até culminar em insuficiência cardíaca (IC). O objetivo desse artigo é relatar o caso de DMVM em um canino atendido na clínica veterinária de pequenos animais, ressaltando a importância de tal patologia na Medicina Veterinária, e de seus possíveis danos secundários a vida dos animais. A partir do acompanhamento dos sinais clínicos, do exame físico do canino e da análise dos exames complementares como, ecocardiografia, eletrocardiografia, radiografia de tórax aferição da pressão arterial sistólica (PAS) e exames de análise sanguínea, que confirmaram o quadro da enfermidade do paciente. Podemos concluir que o canino se encontra no estágio C da DMVM, sendo assim, devidos tratamentos á base de fármacos devem ser iniciados, para a melhora na qualidade e tempo de vida do paciente.

 


Palavras-chave


DMVM; Relato de caso; Ecocardiografia; Eletrocardiografia; Radiografia; PAS; Insuficiência cardíaca.

Referências


ATKINS et al., Guidelines for the Diagnosis and Treatment of Canine Chronic Valvular Heart Disease. Journal of Veterinary Internal Meddicine, Carolina do Norte, v. 23, p. 1142-1150, 2009.

BORGARILLI, M.; BUCHANAN, J.W. Historical review, epidemiology and natural history of degenerative mitral valve disease. Journal of Veterinary Cardiology, Philadelphia, v. 14, p. 93-101, 2012.

BOSWOOD, A et al., Longitudinal analysis of quality of life, clinical, radiographic, echocardiographic, and laboratory variables in dogs with preclinical myxomatous mitral valve disease receiving pimobendan or placebo: The EPIC Study. Journal of  Veterinary Internal Meddicine, Hatfield, v. 32, p. 72-85, 2018.

FALK, T.; JONSON, L. Ischaemic heart disease in the dog: a review of 65 cases. Journal of Small Animal Practice, Uppsala, Sweden, v. 41, p. 97-103, 2000.

FOX, P.R. Pathology of myxomatous mitral valve disease in the dog. Journal of Veterinary Cardiology, Nova Yorque, v. 14, p. 103-126, 2012.

GORDON, S.G.; SAUNDERS, A.B.; WESSELOWSKI, S.R. Asymptomatic canine degenerative valve
disease: current and future therapies. Vet Clin Small Anim. Texas, Department of Small Animal Clinical Sciences, College of Veterinary Medicine and Biomedical Sciences, 2017.

HÄGGSTRÖM, J.; PEDERSEN, H. D.; KVART, C. New insights into degenerative mitral valve disease in dogs. The Veterinary Clinics of North America Small Animal Practice, Philadelphia, v. 34, n. 5, p. 1209-1226, 2004.

HENRIQUE, B. F. et al., O que há de novo na degeneração mixomatosa da valva mitral em cães? Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, Graça, SP. v.20, 2013.

LOMBARD, C.W.; JONS, O.; BUSSADORI, C.M.; Clinical efficacy of pimobendan versus benazepril for the treatment of acquired Atrioventricular Valvular Disease in Dogs. Journal of the American Animal Hospital Association, Suíça, v. 42, p. 249-261, 2006.

MUZZI, R.A.L. et al., Diagnóstico ecodopplercardiográfico da fibrose crônica da válvula mitral em cão. Departamento de Medicina Veterinária – UFLA. Lavras, MG. 1999.

MUZZI et al., Ecocardiografia modo m em cães normais da raça pastor alemão (origem americana) do canil da polícia militar do estado de minas gerais, brasil. Ciência Rural, Santa Maria, v.30, n.5, p.819-824, 2000.

OLIVARES, C.G. Estudos anatômico e clínico da técnica de anuloplastia valvar mitral por plicatura externa em cães. 2010. 54 p. Dissertação (Mestrado em Cirurgia e Anestesiologia Veterinária) – Universidade de Franca, Franca. 2010.

OLSEN, L.H. et al., Increased NADPH-diaphorase activity in canine myxomatous mitral valve leaflets. Journal od Comparative Pathology, Denmark, v. 129, p. 120-130, 2003.

PETRIC, A.D. Myxomatous mitral valve disease In Dogs - An Update And Perspectives. Macedonian Veterinary Review, Solvenia, v. 38, p. 13-20, 2015.

RICHARDSON, E.S.; IAIZZO, P.A.; XIAO, Y.; Electrophysiological mechanisms of the anti-arrhythmic effects of omega-3 fatty acids. Journal of Cardiovascular Translational Research, Delaware, v. 4, p. 42-52, 2011.

ROSA, K. Vetmedin revisão técnica cardiologia. v. 2. São Paulo: Boehringer Ingelheim, nov. 2017.

 

SOARES, E.C.; LARSSON, M.H.M.A.; PINTO, A.C.B.C.F. Aspectos radiográficos da doença valvar crônica. Ciência Rural, Santa Maria, v. 34, n. 1, p. 119-124. 2004.

UECHI, M. Mitral valve repair in dogs. Journal of Veterinary Cardiology, Japan, v. 14, p. 185-192, 2012.


Texto completo: PDF