Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
A indispensabilidade da mediação nos conflitos familiares
Soelen Dipp dos Santos, Adriana Werlang, Lívia Copelli Copatti

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


A discussão sobre as mudanças ocorridas nas famílias é constante e possibilita que diferentes formatos sejam reconhecidos e tenham direitos garantidos. No entanto, muitas famílias ainda vivem e convivem com relações abusivas e permeadas por agressões e conflitos que parecem não ter fim. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo demonstrar que a mediação pode servir como uma forma efetiva de restabelecer as relações familiares, especialmente entre casais. Para tanto, parte-se da análise de um caso de anulação de casamento por ausência de relações sexuais, notadamente, por parte da mulher e objetiva-se chegar na discussão sobre como o homem e a mulher apresentam-se no ambiente familiar. Ao final, é possível verificar que, em muitas situações a mulher continua subjugada aos ditames do esposo, renegando sua posição e seus direitos, podendo a mediação intervir previamente para evitar que situações de maior gravidade, como violência doméstica e anulação do casamento.


Texto completo: PDF