Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
PROJETO PILOTO DE EXTENSÃO: RAPUNZEL SOLIDÁRIA
Julia Quadri Bortoli, Giulia Isadora Cenci, Marcos Ceita Nunes

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


Introdução: A alta incidência de acometidos por câncer reforça a necessidade de adequação do estado emocional do paciente. O Projeto Piloto de Extensão Rapunzel Solidária (PPE) destina-se à promoção de cuidados psicológicos relacionados diretamente com a autoestima. Objetivo: O PPE propicia elevar a autoestima de pacientes oncológicos e diminuir as chances de depressão. Ademais, fomentar o lado humanístico dos graduandos de medicina. Análise: Os tratamentos buscam aliviar os sintomas e condições que causam sofrimento e prejudicam o prazer da vida dos pacientes¹. A quimioterapia e a radioterapia acabam causando efeitos colaterais que modificam a aparência dos pacientes, como a queda de cabelos e pelos do corpo², o que interfere profundamente na autoestima dos indivíduos. Além disso, muitos acabam por desenvolver depressão após o diagnóstico³. Indivíduos com boa autopercepção possuem maiores taxas de aderência ao tratamento, além de se sentirem mais seguros e tranquilos. Métodos: A ação do projeto é prevista para ocorrer anualmente nos meses de outubro, por meio da distribuição de panfletos e da divulgação em redes sociais contendo informações sobre quem pode doar, como doar e os locais estratégicos onde estarão as caixas de coleta de mechas de cabelos. Posteriormente a isso,  haverá a doação para o Projeto Laços de Amor do Hospital da Cidade, que confeccionarão as perucas. Participam do projeto estudantes do curso de medicina e ligantes da Liga de Cuidados Paliativos da Faculdade Meridional – IMED. Conclusão: O cuidado paliativo trabalha aliado com as formas de elevar a autoestima, assim, o projeto utiliza a peruca como uma maneira de diminuir o impacto da perda do cabelo e alimenta o reconhecimento da autoimagem. Além disso, o estímulo solidário ajuda na vivência dos acadêmicos junto aos pacientes.


Palavras-chave


Cuidado Paliativo; Extensão Universitária; Autoestima; Peruca

Referências


1-COMMITTEE ON BIOETHICS AND COMMITTEE ON HOSPITAL CARE (Org.). Palliative Care for Children. Pediatrics, [s.l.], v. 106, n. 2, p.351-357, 1 ago. 2000. American Academy of Pediatrics (AAP).

2-MINISTÉRIO DA SAÚDE. INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER (INCA). Autoestima é fundamental. Rev. Rede Câncer. n.21, p. 25-27, 2013

3-SCHROEVERS, Maya J.; RANCHOR, Adelita V.; SANDERMAN, Robbert. The role of social support and self-esteem in the presence and course of depressive symptoms: a comparison of cancer patients and individuals from the general population. Social Science & Medicine, [s.l.], v. 57, n. 2, p.375-385, jul. 2003.