Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
TROTE UNIVERSITÁRIO: DESENVOLVENDO A INTEGRAÇÃO E A SOLIDARIEDADE
Julia Quadri Bortoli, Jessica dos Santos Giordani, Liana Mantovani Folharim, Michelle Mergener

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


Introdução: O trote universitário é um ritual de recepção aos acadêmicos ingressantes das instituições de ensino superior que objetiva acolher os novos alunos, bem como integrar a nova turma com as demais. Nessa perspectiva, a campanha Trote Solidário (TS), iniciativa realizada no Rio Grande do Sul pelo Núcleo Acadêmico do SIMERS, possibilita a aproximação entre os estudantes por meio de uma atividade construtiva que respeita a integridade física, moral e psicológica dos envolvidos, além de proporcionar um retorno social. Objetivos: Expor resultados obtidos e destacar a importância da campanha TS para a mudança da cultura de recepção aos estudantes de Medicina, a fim proporcionar a integração entre os estudantes, por meio de ações solidárias: a doação de sangue e a arrecadação de alimentos não-perecíveis e materiais de limpeza e de higiene em supermercados. Método: O TS é uma campanha que ocorre no início de cada semestre com os calouros do curso de Medicina. A 15º edição foi realizada no primeiro semestre de 2018 e efetuada em duas etapas: na primeira, estudantes novatos, foram estimulados a doar sangue nos hemocentros locais; na segunda, aconteceu o arrecadamento de donativos em supermercados, que foram distribuídos para entidades beneficentes em parceria com o Lions de cada cidade. Análise: Observou-se uma grande adesão às atividades, uma vez que 65,12% participaram das ações, sendo que 49,19% conseguiram realizar a doação de sangue e 95,34% envolveram-se com as arrecadações nos mercados. Nesta edição foram arrecadados aproximadamente 1860 itens, entre alimentos, produtos de limpeza e de higiene pessoal, e coletadas 32 bolsas de sangue de 450 mL, que podem ser atender/salvar até 128 vidas. Portanto, o TS possui caráter voluntário e humanizado já que a atividade proposta não expõe dessa forma o estudante ao vexame ou constrangimento. Segundo dados divulgados pelo SIMERS, a edição de 2018/1 foi capaz de alimentar mais de 65 mil pessoas e proporcionar bolsas de sangue para mais de 2800, chegando a um recorde de doações de sangue e alimentos. Conclusão: O TS realizado na IMED no primeiro semestre de 2018 foi capaz de alcançar seu objetivo na integração entre os estudantes ao estabelecer ações conjuntas que objetivaram despertar valores como generosidade e solidariedade para as boas-vindas aos calouros.

 

 


Palavras-chave


Trote Universitário; Trote Solidário; Medicina; Solidariedade; Integração

Referências


SIMERS; Trote Solidário. Disponível em:  <http://www.simers.org.br/tag/trote-solidario/> Acessado em: 04 de maio de 2018. 17:08h