Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
MONITORIA: CONSTRUÇÃO DE CONHECIMENTOS E DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES
Vítor Boniatti Neves, Alessandra Mocellin, Clarice Elvira Saggin Sabadin

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


A monitoria em diversas faculdades do mundo vem sendo implementada devido a sua notável contribuição para educação e crescimento dos alunos. Com essa experiência o processo ensino-aprendizagem ficou reconhecidamente mais completo, pois baseou-se no ensino dos alunos por eles mesmos, ou seja, a troca de conhecimento e a pesquisa aplicada nas práticas funcionaram como fonte de saber. O objetivo do estudo foi demonstrar a importância do monitor como agente de potencialização na construção de conhecimento e fixação de conteúdos trabalhados pelos docentes. A abordagem do tema foi executada por meio de uma revisão descritiva dos resultados da monitoria da disciplina de Histologia Médica da Faculdade Meridional- IMED na cidade de Passo Fundo/ RS, em que foi demonstrado o desenvolvimento e aptidão dos alunos frente as práticas realizadas. Foram atendidos cerca de 240 alunos durante o período de um ano de monitoria, com a disponibilidade dos monitores todas as noites, as dúvidas e dificuldades dos alunos puderam ser solucionadas, houve aumento do tempo de práticas na disciplina e consequentemente melhor fixação dos conteúdos trabalhados em aula, uma vez, que o aprendizado se consolida com a repetição e compreensão dos conteúdos vistos nas aulas teóricas e práticas, os monitores tiveram papel fundamental na concretização do conhecimento no período extraclasse.

Palavras-chave


monitoria; experiência; prática; potencialização; conhecimento

Referências


BASTOS, M. H. C., (1999). O ensino mútuo no Brasil (1808-1827). In M. H. C. Bastos, & L. M. de Faria Filho (Orgs.), A escola elementar no século XIX (pp. 95-118). Passo Fundo: Ed. UPF.

SOUZA, P. R. A.; GONÇALVES, F. J. M. A importância da monitoria na formação de futuros professores universitários. Revista Âmbito Jurídico, Rio Grande, fev. 2009.

BRASIL. Lei n. 5.540, de 28 de nov. de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências, Brasília,DF, nov 1968. Disponivel em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-5540-28-novembro-1968-359201-publicacaooriginal-1-pl.html>. Acesso 7 jul. 2018.

SCHNEIDER, M.S.P.S., Monitoria e colaboração: criação de um espaço de desenvolvimento. Artigo apresentado para o Exame de Qualificação de Artigo em Área Complementar, como requisito para a obtenção do título de Doutora – LAEL-PUC/SP, 2007.

NASCIMENTO, C. R. D.; SILVA, M. L. P. D.; SOUZA, P. X. D. Possíveis contribuições das atividades de monitoria na formação dos estudante-monitores no curso de pedagogia da universidade federal de pernambuco-UFPE. 2010

CONCEICAO, E. J. DA et al. a Importância Da Monitoria Acadêmica No Processo De Ensino-Aprendizagem Na Formação Dos Alunos De Fisioterapia E Medicina : Relato De Experiencia. n. 83, [s.d.].

SANTOS, M. M. S.; LINS, N. DE M. A monitoria como espaço de iniciação à docência: possibilidades e trajetórias. [s.l: s.n.].

SILVA, L. B; PAULINO, W. M; MACEDO, O. J. V. Contribuições da monitoria no processo de construção da identidade docente. II Congresso Nacional de Educação (ISSN 2358-8829) - Campina Grande, out. 2015.

SANTOS, M. M.; LINS, N. M. A monitoria como espaço de iniciação à docência: possibilidades e trajetórias. Coleção pedagógico n. 9 UFRN. 2007