Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
A PREVALÊNCIA DE EDENTULISMO E A AUTOPERCEPÇÃO DE SAÚDE BUCAL EM UM MUNICÍPIO DO SUL DO BRASIL
Luiza Paloma S. Girotto, Luiza Dal Zot Von Meusel, Alexandra Magalhães Silveira, Graziela Oro Cericato

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


Tendo em consideração a saúde bucal da população, a perda dentária é um agravo de alta prevalência, impactando negativamente na manutenção da capacidade funcional e na qualidade de vida. Essa condição pode ser encontrada como resultado de fatores socioeconômicos e de doenças bucais vivenciadas, tais como a cárie dentária e a doença periodontal. Vários estudos têm demonstrado que a perda dentária afeta negativamente a qualidade de vida, comprometendo as atividades corriqueiras, como fonação, deglutição, mastigação e a vivência social. A perda dentária é um importante problema de saúde pública no Brasil, em especial entre a população idosa, e se coloca como um desafio a ser enfrentado pelas políticas de saúde bucal de forma que as ações implantadas reduzam os danos causados por este agravo. A partir disso, um estudo transversal de base populacional foi realizado com 465 indivíduos, com idade média de 43.61 anos, em Passo Fundo, RS, Brasil, com o objetivo de estimar a prevalência autorreferida de edentulismo, a autopercepção de saúde bucal e relação desta com o uso de prótese dentária.

Palavras-chave


Edentulismo; Perda dentária; Autopercepção; Saúde bucal.

Referências


BARBATO, Paulo Roberto; PERES, Karen Glazer. Determinantes socioeconômicos contextuais das perdas dentárias em adultos e idosos: uma revisão sistemática da literatura. Revista Brasileira Epidemiologia.18 (2): 357-371, Abr-Jun, 2015.

 

BATISTA, M. J.; LAWRENCE, H. P.; SOUSA, M. L. R. Impact of tooth loss related to number and position on oral health quality of life among adults. Health and Quality of Life Outcomes. 12: 165, 2014.

 

MAIA, F. B. M. et Al. Tooth loss in middle-aged adults with diabetes and hypertension: Social determinants, health perceptions, oral impact on daily performance (OIDP) and treatment need. Med Oral Patol Oral Cir Bucal. AHEAD OF PRINT - ARTICLE IN PRESS, 2017.

 

RAMSAY, S. E. et Al. Burden of poor oral health in older age: findings from a population-based study of older British men. BMJ Open, 5:e009476, 2015.

 

RIBEIRO, C. G. et Al. Edentulism, Severe Tooth Loos and Lack of Functional Dentition in Elders: A Study in Southern Brazil. Brazilian Dental Journal. 27 (3): 345-352, 2016.

 

TEIXEIRA, D. S. C. et Al. Estudo prospectivo da perda dentária em uma coorte de idosos dentados Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 32(8):e00017215, ago, 2016.