Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
Perfil cognitivo, fatores de personalidade e sintomas psicopatológicos de pacientes internados em unidades de saúde mental
Larissa de Andrade Pereira, Camila Rosa de Oliveira, Luis Henrique Paloski

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


Introdução: O funcionamento cognitivo engloba habilidades como memória, linguagem, atenção e funções executivas. Já, os fatores de personalidade, são os traços pessoais de cada indivíduo. E a psicopatologia pode ser definida como um desequilíbrio emocional e/ou distúrbio de conduta, que gera prejuízos significativos em diversas áreas da vida do sujeito (DSM-5, 2014). Objetivo: Esse estudo terá como objetivo principal avaliar o funcionamento cognitivo, fatores de personalidade e sintomas psicopatológicos de pacientes internados em unidades psiquiátricas de hospitais gerais, no interior do estado do Rio Grande do Sul. Método: Trata-se de um estudo exploratório, quantitativo, de corte transversal. Pretende-se avaliar 30 pacientes internados em unidades psiquiátricas de hospitais gerais. Os critérios de inclusão para a pesquisa serão: ser maior de 18 anos; estar internado em unidades psiquiátricas de hospitais gerais; estar internado por no mínimo 10 dias. Os critérios de exclusão para a pesquisa serão: pacientes com sintomas de demência; e pacientes com sintomas psicóticos. Os instrumentos utilizados serão: Exame Cognitivo de Addenbrooke,  Inventário dos Cinco Grandes Fatores de Personalidade – IGFP, Barratt - BIS 12, Escala RASS e Escala Transversal do DSM-5. Procedimento de análise de dados: Os dados serão organizados e analisados em um banco, criado no programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS, versão 23) para Windows. A descrição dos dados será realizada por meio de frequências absolutas (n) e relativas (%) para variáveis qualitativas, e por média e desvio padrão para variáveis quantitativas. Utilizar-se-á análise de correlações conforme a distribuição dos dados, se forem paramétricos (Pearson) ou não paramétricos (Spearman). Procedimentos éticos: O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética da Faculdade Meridional-IMED, Campus de Passo Fundo, sob o CAAE: 89424918.1.0000.5319. Resultados esperados: Pretende-se com este estudo conhecer mais sobre o perfil cognitivo, fatores de personalidade e características psicopatológicas dos pacientes de unidades psiquiátricas. Isso auxiliará na construção de intervenções singulares e eficazes no seu tratamento.

 


Palavras-chave


Perfil cognitivo; Fatores de personalidade; Sintomas Psicopatológicos;

Referências


American Psychiatry Association. (2014). Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-5 (5ª ed.). Porto Alegre, RS: Artmed.

Beck, A. T., Davis, D. D., & Freeman, A. (2015). Terapia Cognitiva dos Transtornos da Personalidade (3ª ed.). Porto Alegre, RS: Artmed.

Sternberg, R. J. (2000). Psicologia Cognitiva (4ª ed.). Porto Alegre, RS: Artmed.