Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
Esquemas Iniciais Desadaptativos: principais pesquisas no Brasil
Joana De Oliveira Lacerda Beal, Maiko Deffaveri, Cristina Pilla Della Méa

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


Resumo:  Os   Esquemas   Iniciais   Desadaptavisos   (EIDs)   são   padrões   cognitivos   e comportamentais iniciados na infância e repetidos ao longo da vida. Os EIDs fazem parte da Terapia do Esquema que é uma avançada técnica psicoterápica com relevantes contribuições na área da personalidade humana, desenvolvida por Young e colegas em1990. Esse trabalho objetiva mapear as principais pesquisas sobre EIDs que fizeram uso do Questionário de Esquemas de Young de 2014 a 2018. Para tal foi realizada uma pesquisa   bibliográfica   integrativa   nas   seguintes   bases   de   dados:   SciELO,  CAPES,PePSIC   e   LILACS.   Utilizou-se   os   seguintes   descritores:   “Esquemas   iniciais desadaptativos and Questionário de esquemas de Young” e “Esquemas desadaptativos and   Questionário   de   esquemas   de   Young”.   Foram   incluídos   artigos   empíricos publicados   nos   últimos   cinco   anos   em   língua   portuguesa,   inglesa   e   espanhola, disponíveis online na integra e de forma gratuita. Após a triagem inicial, cinco artigos foram revisados por completo. Esses demonstraram o crescente uso de pesquisas com EIDs em diferentes campos de atuação de psicoterapeutas da Terapia do Esquema.


Palavras-chave


Esquemas Inicias Desadaptativos; questionários de esquemas de Young; esquemas desadaptativos.

Referências


Cazassa, M. J., & Da Silva Oliveira, M. (2012). Validação brasileira do questionário de esquemas de Young: forma breve. Estudos de psicologia, 29 (1), 23-31.

Wainer, R., et al. (Org). (2016). Terapia Cognitiva Focada em Esquemas: integração em psicoterapia. Porto Alegre: Artmed.

Young, J. E., Klosko, J. S., & Weishaar, M. E. (2008). Terapia do Esquema: Guia de técnicas cognitivo-comportamentais inovadoras. Porto Alegre: Artmed.