Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
Queixas atencionais, de memória e de funções executivas estão associadas à reserva cognitiva em adultos longevos?
Sandra Mara Chies

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


A reserva cognitiva busca evidenciar diferenças individuais na capacidade cerebral e no processamento cognitivo, atuando como fator protetivo para evitar o desenvolvimento de quadros neurodegenerativos no envelhecimento, como a Doença de Alzheimer.

Palavras-chave


queixas atencionais; reserva cognitiva, capacidade cerebral

Referências


 

Barulli, D., & Stern, Y. (2013). Efficiency, capacity, compensation, maintenance, plasticity: emerging concepts in cognitive reserve. Trends in Cognitive Science, 17(10), 502-509. doi: 10.1016/j.tics.2013.08.012

León, I., García, J. e Roldán-Tapia, L. (2011). Construcción de la Escala de Reserva Cognitiva en población española: Estudio piloto (Desenvolvimento da Escala de Reserva Cognitiva em população espanhola: Um estudo piloto). Revista de Neurología, 52, 653-660.