Portal de Conferências da IMED, XII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e XI Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED 2018

Tamanho da fonte: 
ANÁLISE DA ABERTURA DE FISSURAS SEGUNDO A NBR 6118:2004 E O EUROCODE 2 2010
Guilherme Miguel Amantino, Jackson Deliz Ditz

Última alteração: 2018-09-03

Resumo


No decorrer da vida útil de estruturas de concreto armado, é comum surgirem fissuras decorrentes da sua utilização. Esse fenômeno deve-se enquadrar em limites normativos, visando o não surgimento de fissuração excessiva originada por erros de projeto e/ou execução.

Nesse âmbito, são crescentes os estudos comparativos entre a metodologia de cálculo utilizada em cada país. Diante disso, este estudo analisou a abertura de fissuras em uma estrutura de concreto armado conforme a NBR 6118:2014 bem como pela EUROCODE 2 2010, resultando em valores de aberturas, superiores para esta última, bem como para barras com diâmetros maiores.


Palavras-chave


Análise de fissuras; Eurocode; NBR 6118.