Portal de Conferências da IMED, IX Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e VIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação da IMED 2015

Tamanho da fonte: 
CRESCIMENTO POPULACIONAL, DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Luiz Paulo Bristotti, Neuro José Zambam

Última alteração: 2015-12-01

Resumo


O objetivo desse artigo é relacionar o crescimento populacional, a efetivação do princípio da dignidade da pessoa humana e o desenvolvimento sustentável, às luzes do princípio da precaução no Direito Ambiental. Com base em análise bibliográfica e projeções da população mundial, considera-se imprescindível cessar com o crescimento demográfico aleatório, sujeito às incertezas do acaso, dando lugar a um avanço populacional ordenado, por meio do planejamento familiar e de acordo com as condições ambientais e sociais disponíveis. Como resultado, tem-se melhores condições de sobrevivência da humanidade, com garantia de uma vida digna e de um meio ambiente sadio.


Palavras-chave


Crescimento populacional. Dignidade da pessoa humana. Desenvolvimento sustentável. Planejamento familiar.

Texto completo: PDF