Portal de Conferências da IMED, IX Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e VIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação da IMED 2015

Tamanho da fonte: 
A INSERÇÃO LABORAL DOS SENEGALESES NA REGIÃO DO PLANALTO MÉDIO DO RIO GRANDE DO SUL: EXPECTATIVAS X REALIDADE DE UM NOVO LAR
Daniela Dal Savio de Souza, Sérgio Ricardo Fernandes de Aquino

Última alteração: 2016-07-20

Resumo


Na delimitação do tema dos refugiados senegaleses acerca da inserção laboral se analisará as questões que agem como obstáculo para a introdução dos imigrantes do Senegal no mercado de trabalho existente na região do Planalto Médio localizada ao sul do Brasil. Delimitara-se como objetivo geral o renascimento da política de reconhecimento entre os indivíduos da sociedade, não só do Planalto Médio, mas em todo o Brasil.  Como objetivos específicos, analisar as motivações dos refugiados que deslocam-se de suas nações, observar de que modo se dá a integração dos refugiados, tanto junto aos gaúchos como no mercado de trabalho, identificar as questões necessárias para sanar os obstáculos enfrentados pelos senegaleses na inserção laboral na região sul do Brasil. O método de abordagem a serem utilizadas são o indutivo e de procedimento é o comparativo. As técnicas bibliográficas e documentais, para compreender as contradições perante os direitos expressos na Constituição e a realidade de sua aplicação perante os refugiados, seja no âmbito de saúde, segurança, educação ou principalmente na própria inserção laboral.


Palavras-chave


Refugiados senegaleses, Inserção laboral

Texto completo: PDF