Portal de Conferências da IMED, IX Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e VIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação da IMED 2015

Tamanho da fonte: 
Avaliação da Empatia em Acadêmicos de Psicologia
Cleuza Elizabete Chaves, Alessandra Calonico Gomes, Márcia Fortes Wagner

Última alteração: 2015-11-24

Resumo


Define-se empatia como a competência de compreender sentimentos e ser sensível ao ponto de vista do outro, demonstrando reações que expressam essa compreensão e sentimento. Este trabalho tem como objetivo avaliar a habilidade de empatia nos alunos do curso de psicologia. É um estudo quantitativo, observacional. A amostra foi composta por 56 estudantes de uma instituição de ensino superior do Rio Grande do Sul. O instrumento utilizado foi o Inventário de Empatia (IE). Em relação aos resultados encontrados, a idade média dos participantes foi 25,80 anos (DP=10,12), sendo 85,7% (n= 48) mulheres, enquanto 14,3 % (n= 8) homens, sendo a maioria da amostra, 82,1 % (n= 46) solteiros. Na aplicação do IE, todos os fatores apresentaram escores acima da média, sendo a mais alta a tomada de perspectiva com 44,7%, seguida da flexibilidade interpessoal 32,9%, da sensibilidade afetiva 36,7% e do altruísmo com 31,8%. Evidenciou-se que a amostra de acadêmicos de psicologia deste estudo demonstrou um alto índice de empatia.

Palavras-chaves: Empatia, avaliação psicológica, acadêmicos de psicologia.


Palavras-chave


Empatia; avaliação psicológica; acadêmicos de psicologia

Texto completo: PDF