Portal de Conferências da IMED, IX Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e VIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação da IMED 2015

Tamanho da fonte: 
DEPENDÊNCIA DE INTERNET E PREJUÍZO NO COMPORTAMENTO
Eduardo Bergmann, Márcia Fortes Wagner

Última alteração: 2015-11-24

Resumo


Este artigo faz uma análise do ponto de vista teórico da dependência de internet. O objetivo do presente estudo é investigar a respeito das consequências do uso compulsivo da internet, quais as possíveis causas desse comportamento e os prejuízos na vida do indivíduo. Para realização do estudo, foram selecionados artigos e livros referentes ao tema, considerando as publicações de 2005 a 2015, a partir dos descritores internet, dependência de internet, compulsão por internet. A literatura destaca que a internet surgiu como uma nova forma de comunicação entre as pessoas, a qual permite o acesso a um banco de dados infinito e que contém inúmeras informações que são úteis a qualquer usuário deste sistema. Em alguns casos, se tornou tão viciante que pode ser comparada à dependência de uma substância química, pois podem ocorrer danos ao comportamento do indivíduo, os quais podem afetá-lo fisicamente, psicologicamente e socialmente em várias esferas da vida. Neste contexto, o prejuízo não incide apenas no usuário dependente, mas também nas pessoas que fazem parte de sua vida, podendo ser um fator desencadeador de graves problemas de relacionamento. Conclui-se que o uso consciente e adequado da internet pode trazer muito benefícios, enquanto o uso excessivo pode desenvolver um quadro psicopatológico.


Palavras-chave


: Internet. Dependência de internet. Prejuízos no comportamento

Texto completo: PDF