Portal de Conferências da IMED, IX Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e VIII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação da IMED 2015

Tamanho da fonte: 
Estudos preliminares do Levantamento da Intensidade de Sintomas Depressivos (LIS-D)
Tainá Katiúcia Simor e Simor, Vinicius Renato Thomé Ferreira

Última alteração: 2015-11-27

Resumo


 

Os prejuízos causados pelos sintomas depressivos são muito significativos, a ponto de causarem grandes perdas a cada ano. Portanto, uma correta identificação dos sintomas depressivos é fundamental para o estabelecimento de estratégias eficazes de tratamento. Este trabalho apresenta os resultados preliminares do desenvolvimento de um instrumento para avaliar sintomas depressivos, chamado de Levantamento da Intensidade de Sintomas Depressivos (LIS-D). O LIS-D está embasado na lista de sintomas do DSM-5 e na tríade cognitiva da depressão, que consiste na avaliação da visão de si, visão do mundo e da visão de futuro. Os dados preliminares, consistindo na aplicação da primeira versão em 449 pessoas da população geral com idade igual ou acima de 18 anos, têm demonstrado que apresenta uma correlação moderada com o Inventário de Depressão de Beck (BDI) (ρ=0,67, p≤0,0001), e um alpha de Cronbach de 0,96. Além disso, houve a identificação de sete fatores pela análise fatorial, utilizando rotação Varimax. Estes dados preliminares indicam o bom potencial de identificação dos sintomas depressivos pelo LIS-D.


Palavras-chave


Avaliação psicológica; Sintomas depressivos; Psicopatologia.

Texto completo: PPT