Portal de Conferências da IMED, I Fórum de Inovação Acadêmica IMED

Tamanho da fonte: 
DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: O CASE DA DISCIPLINA DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL E LIDERANÇA
Márcia Rodrigues Capellari, Erica Campagnolo, Lisandra Correia, Magela Just

Prédio: IMED - Bloco B
Sala: Sala 312
Data: 2017-11-10 01:45  – 02:45
Última alteração: 2017-11-06

Resumo


O objetivo da disciplina é oferecer aos estudantes a oportunidade de refletir sobre seu projeto pessoal e profissional a partir dos conceitos de intraempreendedorismo, competência e ciclos de carreira; de uma avaliação do contexto organizacional contemporâneo e de um processo de autoanálise orientado compráticas de Gestão, Coaching e Mentoring.  Com base nesses conceitos, discutem-se os desafios associados à construção e implementação de um modelo criativo para o desenvolvimento de líderes com as práticas das melhores empresas para se trabalhar da Greate Pleace To Working. Praticamente todos nós, hoje adultos, passamos por uma situações e experiências que justificam nossos comportamentos de hoje. Dessa forma desenvolver o processo de Co­aching Educacional com aprendizagem experiêncial na disciplina de desenvolvimento pessoal e liderança, busca reconectar o sentido do aprender a aprender, a surpresa da descoberta pelos desafios da gamificação para trabalhar uma gran­de quebra de paradigmas: deixar o aprendizado acontecer com foco na experiência, ao invés de despejar conteúdos sem sentido e cobrar respostas padronizadas. O primeiro que precisa passar por uma profunda mudança é o educa­dor, que aprendeu a “ensinar” e agora precisa “desaprender” ou aprender a “facilitar a aprendizagem”, “deixar que o estudante aprenda” em seu tempo com conteúdos que façam sentido as suas realidades. Este é o papel do coaching Educacional, focado na preocupação com um aluno vivo, inquieto e participante. De acordo com a revista brasileira de Coaching (2014), no mundo de hoje, quem se propõe a educar precisa saber quais são as melhores lógicas de raciocínio, compreendendo que não adianta adotar moder­nos métodos de trabalho, se faltam bons princípios e ferra­mentas para a tomada assertiva de decisões. A experiência das metodologias de Coaching na educação transfor­ma o problema em objetivo, ampliando a capacidade cole­tiva de aprender, promovendo no ambiente um espaço para trocas com líderes empreendedores do mundo corporativo de forma criativa e inspiradora de novos conhecimentos, habilida­des e atitudes, permeadas de valores humanos, fundamen­tadas pelas inteligências múl­tiplas e inteligência emocional, privilegiando as competências para ensinar e educar profis­sionais autônomos reflexivos.