Portal de Conferências da IMED, I Fórum de Inovação Acadêmica IMED

Tamanho da fonte: 
A AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM NA DISCIPLINA DE DIREITO CIVIL V - FAMÍLIA
Lívia Copelli Copatti

Última alteração: 2017-11-17

Resumo


O presente relato de experiência visa descrever formas de avaliação de aprendizagem aplicadas na disciplina de Direito Civil V – Direito de Família. Nesse sentido, no semestre 2017-2 na referida disciplina estão sendo realizadas diferentes formas de avaliação, além da aplicação da prova semestral com questões objetivas e dissertativas. As dinâmicas são: a) produção de relatório escrito com emissão de juízo crítico após palestra interdisciplinar “O serviço social e a psicologia nas casas de acolhimento de crianças e adolescentes” com representantes da SEMCAS de Passo Fundo; b) estudo de caso em processo de adoção com aplicação dos conhecimentos prévios sobre o assunto; c) apresentação oral em grupo sobre o tema “alimentos” sendo que os alunos que aguardavam a vez deveriam fazer um relatório da apresentação dos colegas e atribuir uma nota ou conceito sobre a apresentação; d) aplicação da dinâmica de solução de problemas no tema de filiação, com a análise de casos práticos e cuja avaliação esteve relacionada à encontrar uma resposta prevista na legislação ou no entendimento da jurisprudência e, posteriormente, discutir com a turma a fim de verificar se as soluções encontradas se pareciam ou se alguma era dissonante; e) elaboração de artigo científico sobre tema desenvolvido no decorrer do semestre, avaliando-se as leituras prévias, a escrita e o raciocínio jurídico aplicável ao tema escolhido pelo aluno, de forma que essa avaliação possa contribuir para o bom desenvolvimento de textos nas demais disciplinas, na elaboração das peças práticas e na facilitação da escrita do trabalho de conclusão de curso. Assim, com as diferentes formas de avaliação tem sido possível verificar em quais níveis os alunos estão no aprendizado da disciplina e o que é possível ser feito para que as dificuldades sejam atendidas e superadas, visando não apenas o conhecimento teórico, mas principalmente, a resolução prática dos problemas de direito de família.