Portal de Conferências da IMED, I Fórum de Inovação Acadêmica IMED

Tamanho da fonte: 
GANHANDO O MÁXIMO QUE PUDERMOS
Wagner Cavalare de Souza, Valdirene Salvador Xavier

Prédio: IMED - Bloco B
Sala: Sala 312
Data: 2017-11-10 01:45  – 02:45
Última alteração: 2017-11-06

Resumo


A dinâmica aqui intitulada “Ganhando o Máximo que Pudermos” foi aplicada aos acadêmicos de Engenharia Civil do sétimo nível no segundo semestre de 2016 com objetivo de simular um ambiente corporativo visando o lucro empresarial, sendo este, influenciado diretamente pelas equipes da mesma. Na atividade, as instruções iniciais são limitadas e logo se iniciam as rodadas. Cada equipe recebe duas placas (uma verde e uma vermelha) e têm que escolher qual querem levantar em cada rodada em função dos possíveis ganhos de cada uma. Cada placa gera um lucro ou prejuízo em função das possibilidades de combinação das placas também levantadas pelas demais equipes. Percebe-se que a decisão de cada equipe influencia diretamente nos ganhos gerais sendo apurado a cada rodada. Em algumas etapas não há comunicação entre os grupos e em outras apenas os líderes de cada equipe se reúnem previamente para avaliar qual melhor estratégia, sendo tais etapas bonificadas. Ao término todos avaliaram suas posturas e fizeram conclusões pertinentes. O primeiro apontamento foi a conclusão de que o mercado de trabalho é semelhante à forma como a dinâmica foi conduzida, ou seja, pouca comunicação ou comunicação ineficiente, tempo escasso para tomadas de decisão, e reflexo direto (positivo ou negativo) de qualquer decisão na questão financeira da empresa. Outra conclusão foi o papel importante de uma boa liderança a qual pode maximizar o lucro ou, até, o prejuízo. Ainda foi discutido o quão importante são os valores pessoais no ambiente corporativo visando garantir o bem comum, pois cumprir os acordos, não tirar proveito de informações privilegiadas em prol de um bem individual, bem como ter confiança nos colaboradores se demonstraram princípios valiosos para uma completa mudança nos resultados da atividade.