Portal de Conferências da IMED, I Fórum de Inovação Acadêmica IMED

Tamanho da fonte: 
A INTERDISCIPLINARIDADE COMO DINÂMICA DE ANÁLISE E INTERVENÇÃO EM REALIDADES CONCRETAS
Henrique Kujawa, Jeovany Martinez Mesa, Andressa Rebequi

Prédio: IMED - Bloco B
Sala: Sala 312
Data: 2017-11-10 04:15  – 05:15
Última alteração: 2017-11-06

Resumo


A experiência envolveu os Componentes Curriculares de Ciências Sociais Aplicada a Medicina e Saúde Coletiva III presentes na grade curricular do 3º Semestre do curso de Medicina da IMED. Os componente Saúde coletiva III, aborda as linhas de cuidado referente à saúde da mulher, possui uma parte teórica e outra prática realizada na Unidade Básica de Saúde(UBS) na localidade Santo Antônio da Pedreira, bairro periférico de Passo Fundo. Por sua vez, Ciências Sociais Aplicada à Medicina, tem um caráter teórico abordando as determinantes sociais de saúde e de que forma elas estão relacionadas com concepções sociológicas e modelos de desenvolvimento, bem como, entender o papel das políticas públicas e do Sistema Único de Saúde.

Tendo presentes os desafios do ensino superior interligados com as novas formas de produção e disponibilidade de informações e pelo desafio de proporcionar ao egresso  habilidades e competências para exercer a profissão, num contexto que exige aprendizagem permanente e capacidade de compreender e interagir com a realidade concreta, a partir dos dois componentes os estudantes desenvolveram um estudo de caso buscando identificar as condicionantes sociais, as diferentes formas de interpretá-las e de propor medidas de mitigação e/ou  eliminação de suas interferências na condição de saúde.

A atividade foi desenvolvida com três turmas, tendo como dinâmica a seleção, pelos professores de Saúde Coletiva III, de casos específicos que os acadêmicos acompanham durante o semestre na UBS.  Os acadêmicos utilizando-se do histórico do prontuário, de visitação domiciliar e de aplicação de entrevistas (com roteiro previamente estruturado) identificaram as condicionantes sociais implicadas nos casos concretos, fizeram uma análise sociológica das mesmas e propuseram ações, justificadas teoricamente, que pudessem contribuir na melhoria das condições de saúde do caso analisado.

A apresentação dos trabalhos ocorreu através de elaboração de relatório e de apresentação de pôsteres, num seminário em sala de aula, com a presença e avaliação dos professores dos dois Componentes Curriculares.

Na avaliação dos alunos, identificou-se resultados positivos, tanto na vinculação de elementos teóricos com a realidade concreta, bem como, na aprovação e apresentação dos resultados destes estudos em eventos acadêmicos.